Declarações de Vinícius Jr podem render punição da Uefa, diz site

Segundo o Marca, entidade poderia enquadrar jogador em artigo que versa sobre conduta antidesportiva

atualizado 27/02/2020 12:09

O atacante brasileiro Vinícius Jr pode ser punido pela Uefa. Isso porque, segundo o jornal espanhol Marca, o camisa 25 do Real Madrid deu declarações sobre a arbitragem após o jogo contra o Manchester City nessa quarta-feira (26/02/2020) que desagradaram a entidade.

O jogador reclamou principalmente sobre o lance do segundo gol dos Citizens, marcado pelo compatriota Gabriel Jesus. No lance, ele e o zagueiro espanhol Sergio Ramos disputam uma bola pelo alto e o camisa 9 completa para o gol.

“Existe o VAR e tem que pelo menos olhar. Tenho certeza que o (Gabriel) Jesus empurrou o Sergio (Ramos), o mesmo que eu fiz com o Mahrez no primeiro tempo (e foi marcada a falta). Não preciso ver o lance no celular. Todos no estádio viram que o Jesus empurrou”, detonou.

Com as declarações, o atacante brasileiro se enquadraria no artigo 15 do código disciplinar da Uefa, que versa sobre conduta antidesportiva. Caso enfrente o processo disciplinar, o jogador poderia ser suspenso por um jogo e, assim, perderia o duelo de volta contra o City, que será disputado no dia 17 de março.

Em um caso semelhante, Neymar foi suspenso por três jogos pela Uefa. Após uma partida do PSG diante do Manchester United, o brasileiro foi ao Instagram e detonou a arbitragem. Como punição, o camisa 10 do time parisiense foi suspenso por três partidas.

Últimas notícias