*
 

O Tribunal de Justiça de Barcelona substituiu a condenação a 21 meses de prisão de Lionel Messi por crimes fiscais por uma multa de 252 mil euros nesta sexta-feira (7/7).

O jogador argentino havia sido condenado em 6 de julho de 2016 por três crimes fiscais, mas como o prazo é inferior a dois anos, ele não precisou cumprir pena na cadeia. A decisão do tribunal seguiu o critério da Procuradoria, que definiu uma multa de cerca de 400 euros por dia.

De acordo com a mídia espanhola, o valor corresponde a apenas três dias de trabalho do jogador baseando-se no novo contrato assinado por ele e o Barcelona.

Durante o processo, Messi sempre informou que não sabia das ilegalidades e que confiava em seu pai para toda operação financeira. O Ministério Público pediu a absolvição do atleta e a condenação apenas de seu pai, mas a Justiça determinou uma penas de 21 meses para os dois.