Coronavírus faz Barcelona adiar eleições presidenciais previstas para dia 24

Segundoo clube catalão, uma nova data será escolhida por causa das restrições na mobilidade decretadas pelo governo durante a pandemia

atualizado 15/01/2021 14:09

Camp NouAndreas Brox/ Pexels

As eleições presidenciais no Barcelona previstas para dia 24 foram adiadas, nesta sexta-feira (15/1), por causa da pandemia de coronavírus. Segundo nota do clube catalão, uma nova data será escolhida por causa das “restrições na mobilidade decretadas pelo governo no contexto atual da pandemia”.

“A situação epidemiológica atual não permite autorizar o movimento fora do município para membros que não têm local de votação em sua cidade em 24 de janeiro”, informou a nota do clube, que pediu ao governo catalão para permitir o voto pelo correio. “Um pedido que o governo se comprometeu a estudar.”

Não foi definida uma nova data para as eleições. Os três candidatos à presidência do clube são Joan Laporta, Victor Font e Toni Freixa. O Barcelona é liderado por um conselho interino desde que o ex-presidente Josep Bartomeu renunciou em outubro enquanto enfrentava a possibilidade de ser deposto em uma moção de desconfiança apoiada por milhares de sócios do clube furiosos após o fraco desempenho da equipe e a má situação financeira do clube.

O Barcelona perdeu para o Bayern de Munique por 8 x 2 nas quartas de final da Liga dos Campeões em agosto, e sua dívida crescente forçou o clube a praticamente doar veteranos como Luis Suárez para reduzir sua carga salarial. Lionel Messi mais tarde tentou sair do clube, mas teve seu pedido negado.

O Barcelona enfrenta o Athletic Bilbao no domingo na final da Supercopa da Espanha. No Campeonato Espanhol, o time é o terceiro colocado, 34 pontos, contra 37 do Real Madrid e 41 do líder Atlético de Madrid.

Vídeos
Últimas notícias