Corinthians rescinde com Danilo Avelar após episódio de racismo

Atleta proferiu ofensa racista durante partida online. Ele também foi excluído da plataforma que transmitia a partida

atualizado 23/06/2021 20:53

Danilo AvelarAlexandre Schneider/Getty Images

O Corinthians anunciou no início da noite desta quarta-feira (23/6) a rescisão do contrato com o zagueiro Danilo Avelar. Danilo tinha contrato até o fim de 2022, mas um episódio de racismo nesta última terça antecipou o fim do vínculo entre o clube o atleta.

O clube publicou uma nota anunciando a rescisão, que ainda será negociada com os agentes que representam o jogador.

 

A principal torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel, emitiu uma pedindo a expulsão do jogador. Em nota, a torcida afirmou que “não há paciência e muito menos compreensão para qualquer ato de racismo”, defendeu a torcida.

Danilo Avelar participava de uma partida de CS:GO quando ofendeu um outro jogador chamando-o de “fih (filho) de rapariga preta”. O caso logo ganhou repercussão. Avelar publicou uma nota em suas redes sociais pedindo desculpas pelo ocorrido e admitindo o erro.

Contratado em 2018, por empréstimo e no início de 2019 teve a compra de seus direitos econômicos em junho de 2019. Campeão paulista com a camisa do Timão, Avelar tem 110 jogos pelo clube e 12 gols marcados.

Veja abaixo a nota do Corinthians na íntegra:

” O Sport Club Corinthians Paulista informa que está em contato com o atleta Danilo Avelar e seus representantes a fim de discutir e formalizar as medidas cabíveis para o encerramento do vínculo. O Corinthians reafirma que repudia toda e qualquer manifestação de conotação racista, coerentemente com sua história de defesa da igualdade e da democracia”.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias