Copa do Mundo 2026: de forma descontraída, Infantino provoca os EUA

Após anunciar as sedes da Copa de 2026, o presidente da entidade provocou os americanos: "Ainda não são o número 1 no esporte número 1"

atualizado 17/06/2022 14:07

Imagem colorida de Infantino, presidente da FifaReprodução/twitter

Após o evento que anunciou as cidades-sede da Copa do Mundo de 2026 , que será disputada nos Estados Unidos, Canadá e México, Gianni Infantino, presidente da Fifa, provocou os Estados Unidos de forma descontraída.

“Nesta parte do mundo, vocês estão liderando o mundo em várias áreas, economia, esportes. Mas no esporte número 1 [o futebol], vocês não estão. Ainda. E o objetivo tem que ser que vocês liderem o esporte número 1”, disse o presidente.

É a primeira vez na história em que a Copa do Mundo será disputada em três países-sede diferentes e a primeira edição com 48 países. Com o aumento de participantes de 32 para 48, o número de jogos em 2026 será de 80 partidas e não mais 64, como de costume.

Esse aumento no número de seleções participantes foi uma promessa de campanha de Infantino eleito presidente da Fifa em 2016 e reeleito em 2019 para um mandato que vai até 2023.

O presidente relembrou a Copa do Mundo de 1994, disputada nos Estados Unidos e detentora do posto de maior média de público da história das Copas (68.626 pagantes) e afirmou que 2026 será “muito maior”. “Esta parte do mundo não tem ideia do que vai ser essa Copa do Mundo. Estes três países serão invadidos por uma grande onda de alegria, porque isso é o futebol. O esporte que faz as pessoas se unirem. Esse meio bilhão de pessoas aqui (nesses três países) têm origens em outros lugares. E todos vão se encontrar aqui na Copa.” afirmou Gianni Infantino.

Sobre os locais de abertura e final, o presidente afirmou que serão escolhidos no momento oportuno e promete uma Copa onde os torcedores precisem viajar o mundo. “Vamos tentar organizar a Copa de um jeito que as seleções e os fãs não tenham que viajar muito. No momento oportuno vamos decidir o local da abertura e o palco final”, afirmou Gianni Infantino, presidente da Fifa.

A Copa será sediada em duas cidades no Canadá, três no México e 11 nos Estados Unidos. Confira:

Canadá: Vancouver e Toronto

México: Guadalajara, Monterrey e Cidade do México

Estados Unidos: Seattle, São Francisco, Los Angeles, Kansas City, Dallas, Atlanta, Houston, Boston, Filadélfia, Miami e Nova York.

tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias