Copa América: próximo jogo do Brasil pode ser primeiro com arena cheia

Após baixas bilheterias, competição aguarda partida com boa presença do público na Fonte Nova, em Salvador

Getty ImagesGetty Images

atualizado 17/06/2019 8:38

O jogo desta terça-feira (18/06/2019) entre Brasil e Venezuela, em Salvador, deve ser o primeiro da Copa América a ter o estádio lotado. No sistema de venda de ingressos para o torneio, não há mais entradas à venda para a partida. A expectativa é a Fonte Nova receber 45 mil torcedores e amenizar o problema vivido até agora na competição de pouca presença do público.

A abertura da Copa América, no Morumbi, registrou a presença de 46 mil pessoas, o maior público até agora. As outras partidas tiveram uma presença decepcionante de público, como os 11 mil pagantes em Porto Alegre para o empate entre Venezuela e Peru e os menos de 20 mil torcedores no Maracanã para a partida entre Catar e Paraguai.

Durante evento nesse domingo no Rio, o presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), Alejandro Dominguez, manifestou incômodo com a baixa taxa de venda de bilhetes. “Isso preocupa, é claro. Aqui é um país onde se vive o futebol, se gostaria que as pessoas participassem. Tem jogos que têm muita gente, e outros que lamentavelmente não têm muito”, disse.

Salvador recebeu no sábado a vitória da Colômbia por 2 a 0 sobre a Argentina, com a presença de 35 mil pessoas. A partida era a de maior demanda por ingressos do torneio depois das partidas do Brasil e da final.

O capitão da seleção brasileira, Daniel Alves, lamentou o preço dos ingressos. O valor médio cobrado para o jogo de abertura foi de R$ 500. “Sou do povo, sempre vou prezar pelo povo, quero que ele esteja no estádio. Mas foge das nossas mãos, porque não controlamos os preços dos ingressos”, comentou o jogador.

Últimas notícias