Com Covid, técnico do Bayern monta centro de análise na cozinha

"Não queria infectar ninguém por causa do meu resfriado, queremos manter todos os jogadores em forma”, disseNagelsmann

atualizado 22/10/2021 17:54

Julian Nagelsmann BayernLennart Preiss/picture alliance via Getty Images

Julian Nagelsmann não comandou o Bayern de Munique contra o Benfica pela Champions League na última quarta-feira (20/10). Não estava se sentindo bem, segundo as primeiras informações, com algum tipo de resfriado. O tipo foi esclarecido pelo clube na última quinta-feira (21/10): está com Covid-19 e se isolará em sua casa nos próximos dias, o que significa que também não estará presente contra o Hoffenheim, pela Bundesliga, no sábado (23/10). Mas tudo bem porque ele montou um pequeno centro de análise na cozinha para acompanhar o jogo e mandar suas opiniões ao auxiliar técnico Dino Toppmölle.

Como está vacinado, Nagelsmann apresentou apenas sintomas leves da doença e já se sente bem melhor. “Não havia sintomas típicos do coronavírus. Os exames sempre davam negativos. Tive resfriados antes. Os sintomas diminuem, no entanto. Tive uma versão mais suave, essa é a parte boa da vacinação. Achei que estava com gripe, como muitas pessoas agora. Por causa do meu resfriado, fazia testes constantes. O teste positivo veio na manhã de quinta-feira. Antes disso, os testes foram negativos. Não tenho contato próximo com os jogadores desde terça-feira. Está tudo combinado com a secretaria de saúde. Não queria infectar ninguém por causa do meu resfriado, queremos manter todos os jogadores em forma”, afirmou, em uma aparição surpresa na entrevista coletiva pré-jogo.

Leia a matéria completa no Trivela, parceiro do Metrópoles.

Vídeos
Mais lidas
Últimas notícias