França e Dinamarca avançam às oitavas após primeiro 0 x 0 da Copa 2018

A definição do Grupo C saiu após jogo apitado por Sandro Meira Ricci, que atuou no futebol do D

atualizado 26/06/2018 14:46

O árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci não teve trabalho na partida entre França x Dinamarca, nesta terça-feira (26/6), às 11h, no Estádio Lujniki, em Moscou, pelo Grupo C da Copa do Mundo da Rússia. Com o empate conveniente para as duas seleções – no outro jogo do grupo, o Peru derrotou a Austrália –, a partida foi disputada em “banho-maria” e terminou em um justo 0 x 0. O primeiro jogo sem gols do Mundial.

O jogo foi o pior até aqui da Copa do Mundo de 2018. Desinteressadas, as seleções de Dinamarca e França fizeram um duelo feio, de trocas de bola sem objetividade e cujo empate, além de frustrar os mais de 78 mil torcedores que foram à arena, serviu para confirmar a classificação dos dinamarqueses às oitavas de final.

As duas seleções (principalmente a França, já que a seleção é considerada um dos melhores elencos da Copa e antes do início do Mundial era apontada com uma das favoritas) perderam a chance de embalar para a segunda fase, de mostrar um futebol vistoso ao seu torcedor. Mas, mesmo quem perdesse sairia de campo classificado, tendo em vista que, no outro jogo da chave, o Peru venceu a Austrália.

Só para se ter uma ideia, o time francês já entrou em campo classificado para as oitavas de final e com seis modificações em relação à partida em que venceu o Peru, na rodada passada: o goleiro Lloris, o lateral-direito Pavard, o zagueiro Umtiti, os meias Pogba e Matuidi e o atacante Mbappé são os jogadores contemplados com o descanso, o que abriu espaço para Mandanda, Sidibé, Kimpembe, N’Zonzi, Dembélé e Lemar.

Oitavas de final
E os dinamarqueses buscavam a classificação na partida apitada pelo juiz que surgiu para o esporte após atuar em campeonatos no Distrito Federal. Com o empate, ambos os times alcançaram seus respectivos objetivos. A França, líder com sete pontos. A Dinamarca, em segundo, com cinco.

Com o avanço às oitavas de final como líder do Grupo C, com sete pontos, a França abrirá a próxima fase do Mundial em jogo marcado para começar às 11h de sábado (30), em Kazan, onde terá pela frente o segundo colocado do Grupo D, que será definido ainda nesta terça-feira (26) com os confrontos entre Islândia x Croácia e Nigéria x Argentina, às 15h. Já os dinamarqueses, que fecharam a primeira fase com cinco pontos, terão pela frente os líderes desta chave, no domingo (1º/7), às 15h, em Nijni Novgorod.

(Com informações da Agência Estado)

 

Ficha técnica:

Dinamarca 0 x 0 França

Dinamarca: Schmeichel; Daalsgard, Kjaer, Christensen e Stryger Larsen; Delaney (Lerager), Mathias Jorgensen e Eriksen; Sisto (Fischer), Braithwaite e Cornelius (Dolberg)
Técnico: Age Hareide.

França: Mandanda; Sidibé, Varane, Kimpempe e Lucas Hernandez (Mendy); Kanté, Nzonzi, Lemar, Dembélé (Mbappe) e Griezmann (Fekir); Giroud.
Técnico: Didier Deschamps.

Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa/Brasil).

Cartão amarelo: Mathias Jorgensen (Dinamarca)

Público: 78.011 torcedores.

Local: Estádio Lujniki, em Moscou (Rússia).

Vídeos
Últimas notícias