City é campeão da Premier League em rodada insana e com reviravoltas

Time de Guardiola saiu perdendo por 2 x 0, mas conseguiu a virada em cinco minutos no 2º tempo; Tottenham vai para a Champions League

atualizado 22/05/2022 14:46

Lynne Cameron - Manchester City/Manchester City FC via Getty Images

Foi emocionante e com diversas reviravoltas ao longo da 38ª e última rodada da Premier League. No entanto, no final, o Manchester City confirmou o bicampeonato e terceiro título do Inglês em quatro anos após ferrenha disputa com o Liverpool. Além da disputa pelo caneco, o campeonato contou com disputas pelos torneios europeus e pelo rebaixamento.

0

Confira como foi o insano último dia da temporada 2021/22 da Premier League:

A rodada começou extremamente positiva para o Manchester City. No estádio Anfield, Pedro Neto abriu o placar logo aos dois minutos para o Wolverhampton após um vacilo da zaga dos Reds. A situação ficou um pouco menos pior para os comandados de Jürgen Klopp quando Sadio Mané empatou aos 23 minutos.

No Etihad, o City vinha apresentando uma estranha dificuldade de impor seu estilo de jogo contra o Aston Villa. No entanto, o 0 x 0 estava de bom tamanho para os Citizens por causa do empate em Anfield. A situação começou a ficar mais tensa aos 37, quando Matty Cash abriu o placar. O resultado ainda dava o título para o City, mas o 1º tempo terminou em clima de tensão para Guardiola e Cia.

No 2º tempo, foi o Liverpool que mexeu primeiro no desfecho do campeonato, mas a alegria durou pouco: o gol de Mané foi anulado por impedimento. Se o empate teimava em permanecer em Anfield, no Etihad o placar foi mexido aos 29. Com o City todo no ataque, o Aston Villa encaixou um contra-ataque mortal e Phillipe Coutinho ampliou, para desespero de Guardiola.

O destino do campeonato estava nas mãos (e pés) do Liverpool. No entanto, o time de Klopp teve dificuldades contra a defesa do Wolverhampton. Enquanto isso, o City se recuperava no Etihad, conseguindo empatar, com Gundogan e Rodri, após estar perdendo por 2 x 0.

E aos 35, a torcida do Liverpool, que já estava tensa, se desesperou com a notícia de que Gundogan, novamente, marcou a virada e o gol do título do City. Salah e Robertson chegaram a dar a vitória aos Reds, mas os três pontos não foram suficientes devido ao resultado no Etihad.

Outras brigas

Em outras disputas ainda indefinidas para encerrar a temporada 2021/22 da Premier League, o Tottenham confirmou vaga na Champions League ao vencer o Norwich por 5 x 0. O Arsenal, que disputava com o rival do norte de Londres a vaga na Champions, também levou os três pontos em seu duelo contra o Everton – que só cumpria tabela –, mas teve que se contentar com a Europa League.

O Manchester United deve estar aliviado que a temporada chegou ao fim. Os Red Devils perderam pela primeira vez em sua história no Selhurst Park para o Crystal Palace, porém, graças à vitória do Brighton sobre o West Ham, vão poder se consolar com uma vaga na Conference League.

Na outra ponta da tabela, com ajuda do brasileiro Raphinha, o Leeds venceu o Brentford e escapou do rebaixamento. Dessa forma, fica confirmada a queda do Burnley, que perdeu para o Newcastle, e se juntou a Norwich e Watford entre os times que disputarão a Championship, Série B da Inglaterra, na próxima temporada.

Chuteira de ouro

Outra disputa que chegou indefinida à última rodada da Premier League foi pela artilharia. Graças aos dois gols marcados na goleada do Tottenham de 5 x 0 contra o Norwich, Heung-min Son chegou aos 23 e empatou com Mohamed Salah, que também deixou o dele na vitória sobre o Wolverhampton.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias