Caso Mari Ferrer: consciente, Richarlison cobra punição a André Aranha

O acusado de estuprar a influencer em uma festa, em dezembro de 2018, foi absolvido por unanimidade de 3 votos a 0 pelo TJSC

atualizado 07/10/2021 20:59

Richarlison BrasilAlex Livesey - FIFA/FIFA via Getty Images

Richarlison está criando cada vez mais o costume de se posicionar diante de assuntos que estão em alto no Brasil e no mundo. Sempre consciente e firme no que acredita, o atacante da Seleção Brasileira se manifestou sobre a decisão do caso de Mariana Ferrer desta quinta-feira (7/10).

O acusado de estuprar a influencer em uma festa, em dezembro de 2018, André de Camargo Aranha foi absolvido por unanimidade de 3 votos a 0 pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Nas redes sociais, muitas pessoas ficaram revoltadas com esta decisão, entre elas o jogador do Everton.

Ele escreveu: “180 mulheres são estupradas POR DIA no Brasil. Mais da metade são crianças de até 13 anos. E a punição? Cadê?”, junto das hashtags “Justiça por Mari Ferrer” e “Respeita as minas”.

O Uol analisou os números informados pelo jogador e constatou que eles são reais, mas dizem respeito ao ano de 2018. O dado mais atualizado indica que, em 2020, foram 60.460 casos de estupro no país, 165 por dia ou seis a cada hora.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias