Carli relata drama após incidente com Biro Biro: “Imagine o desespero”

O atacante de 24 anos sofreu parada cardíaca durante o treino de terça-feira (16/07/2019) e foi reanimado nos vestiários

Reprodução/TwitterReprodução/Twitter

atualizado 17/07/2019 11:47

Em lei de silêncio por causa de salários atrasados, os jogadores do Botafogo não falam com a imprensa há alguns dias. O zagueiro e capitão Joel Carli “quebrou” esse pacto para poder comentar sobre o drama vivido pelos atletas após o mal-estar sofrido por Biro Biro no treino de terça-feira (16/07/2019) em um dos campos do Engenhão, no Rio de Janeiro.

Recém-contratado, o atacante de 24 anos sofreu parada cardíaca durante a atividade, caiu desacordado no gramado e, após ser amparado pelos seus companheiros, foi reanimado nos vestiários do local durante socorro de emergência feito pelo cardiologista do clube, Eduardo Amorim.

Em entrevista ao diário argentino Olé, Joel Carli contou que não viu o momento em que Biro Biro caiu no gramado pois estava participando de outra atividade, mas presenciou o atendimento no vestiário e falou do desespero dos companheiros de elenco.

“Ele já está fora de perigo. No momento em que desmaiou, eu não estava porque o técnico (Eduardo Barroca) dividiu a equipe entre os que jogaram e os que não jogaram no fim de semana. Ele caiu no campo, quando o levaram para o vestiário, o médico agiu rápido. O salvou porque o reanimou. Imagine o desespero que ficamos. Foram duas paradas que ele sofreu”, revelou.

Segundo o cardiologista Eduardo Saad, porém, o caso do jogador foi tratado como síncope — perda transitória de consciência. O médico afirmou que Biro Biro precisará passar por exames e testes nesta quarta-feira (17/07/2019).

Joel Carli disse ainda que, junto com Eduardo Barroca, já visitou o atacante na clínica São Vicente, no bairro da Gávea, na zona sul do Rio de Janeiro. “Vim para acompanhar. Tenho responsabilidade de ver como está o companheiro e estar perto. Eu pude vê-lo um pouquinho e dei a mão”, completou.

Últimas notícias