Candangão: recorde de minutos sem sofrer gols segue com o Brasiliense

A última vez que uma equipe passou tanto tempo sem sofrer gols foi em 1982, quando o já extinto Tiradentes ficou 450 minutos sem ser vazado

atualizado 30/04/2021 17:07

Gustavo Moreno/Especial Metrópoles

Restam cinco jogos para conhecermos o campeão do Candangão 2021, mas uma estatística da competição já foi definida. O Brasiliense Futebol Clube segue como o recordista de minutos sem sofrer gols: 720.

A meta foi alcançada em 2019, quando o Brasiliense quebrou um recorde que havia perdurado por 36 anos. Na temporada, a equipe contou com o pentacampeão Lúcio como pilar principal da defesa. O experiente xerife compôs a zaga com Antônio Carlos e Badhua, e foi muito bem apoiado nas laterais por Alex Murici e Gleissinho. Embaixo das traves, Edmar Sucuri foi o responsável por completar o sistema defensivo que fez história no Candangão.

A impressionante marca foi construída com sete e vitórias e um empate. A última vez que uma equipe passou tanto tempo sem sofrer gols foi em 1982, quando o já extinto Tiradentes ficou 450 minutos sem ser vazado.

Outro recorde pode parar nas mãos do Brasiliense nesta edição do Candangão. O esquadrão amarelo está a dois jogos de quebrar a marca de 12 vitórias seguidas conquistadas pelo Brasília na temporada 1977.

Confira os oito jogos do Jacaré sem sofrer gols no Candangão 2019:

Brasiliense 3 x 0 Santa Maria

Taguatinga 0 x 3 Brasiliense

Brasiliense 0 x 0 Real Brasília

Paracatu 0 x 1 Brasiliense

Ceilândia 0 x 2 Brasiliense

Brasiliense 2 x 0 Capital

Brasiliense 1 x 0 Formosa

Luziânia 0 x 2 Brasiliense

Vídeos
Últimas notícias