Campeão e artilheiro: Gabigol entra para seleta lista com título

Com sete gols marcados, Gabriel Barbosa foi o maior goleador desta edição do torneio continental: ele balançou a rede nove vezes

Manuel Velasquez/Getty ImagesManuel Velasquez/Getty Images

atualizado 24/11/2019 12:30

A história da conquista do título da Libertadores pelo Flamengo veio com números especiais para a torcida. A vitória por 2 x 1 sobre o River Plate, neste sábado (23/11/2019), no Monumental de Lima, no Peru foi o segundo da sua história. Mas os dois gols também marcaram um desempenho individual.

Gabriel Barbosa, o Gabigol, se tornou responsável por construir o placar em apenas três minutos. O time argentino vencia por 1 x 0 até os 43 minutos do segundo tempo. O atacante, então, fez o primeiro e, aos 46, deu números finais.

Com a vitória, a equipe fecha uma campanha irretocável. Além do título, o Rubro-negro também pode se gabar de ter o artilheiro da competição. Gabriel Barbosa, o Gabigol, fechou o torneio com nove gols, chegando aos 40 na temporada.

Com o título e a artilharia da Libertadores, o maior goleador do Flamengo em uma temporada no século 21 entra para uma seleta lista, que contém nomes como Palhinha, Jardel, Fernandão, Jô e o próprio Zico. Esses são alguns dos nomes que foram artilheiros da Libertadores e também conquistaram o título continental na mesma edição.

Confira a lista completa abaixo:
1970 – Alberto Spencer, Peñarol (7 gols)
1962 – Alberto Spencer, Peñarol (6 gols)
1964 – Mario Rodríguez, Independiente (6 gols)
1967 – Norberto Raffo, Racing (14 gols)
1971 – Luis Artime, Nacional (10 gols)
1976 – Palhinha, Cruzeiro (13 gols)
1980 – Waldemar Victorino, Nacional (6 gols)
1981 – Zico, Flamengo (14 gols)
1990 – Adriano Samaniego, Olimpia (7 gols)
1992 – Palhinha, São Paulo (7 gols)
1995 – Jardel, Grêmio (12 gols)
2003 – Marcelo Delgado, Boca Juniors (9 gols)
2006 – Fernandão, Internacional (5 gols)
2009 – Mauro Boselli, Estudiantes (8 gols)
2013 – Jô, Atlético-MG (7 gols)
2019 – Gabriel Barbosa, Flamengo (9 gols)

História

Gabriel Barbosa tem consciência do título e de seu desempenho. Logo após a partida, o atacante foi entrevistado Júnior e Petkovic, ídolos do Flamengo que comentaram a partida pela TV Globo. “Primeiro, quero agradecer a Deus por esse momento especial. Momento que ficará guardado para o resto da minha vida, momento histórico para todos nós, flamenguistas, brasileiros”.

E seguiu nos agradecimentos: “Quero agradecer muito minha família, ao estafe, aos jogadores, à nação que invadiu o Peru. Quero só agradecer. Momento histórico”, disse o atacante, que acabou eleito melhor jogador da final.

Artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 22 gols, e da Libertadores, com 9, Gabriel está emprestado pela Inter de Milão ao Flamengo até o fim da temporada. Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, disse no último mês que tem um acerto adiantado para adquirir o atacante em definitivo. O dirigente disse que a espera a reposta do jogador a uma proposta salarial feita a ele.