Copa do Mundo: Brasil supera a Itália e confirma classificação

Marta supera recorde de Klose e coloca a Seleção Brasileira na próxima fase do torneio

Photo by Robert Cianflone/Getty ImagesPhoto by Robert Cianflone/Getty Images

atualizado 18/06/2019 18:38

O Brasil venceu a Itália por 1 x 0 na cidade de Valenciennes, na França, em confronto pelo grupo C da primeira fase da Copa do Mundo de Futebol Feminino nesta terça (18/06/2019). Após um primeiro tempo nervoso, no qual criou algumas oportunidades e levou alguns sustos, a Seleção Brasileira chegou ao gol aos 28 do segundo tempo, em cobrança de pênalti precisa de Marta.

O resultado confirma a equipe do Brasil na próxima etapa, as oitavas de final do torneio, como uma das terceiras melhores colocadas da fase de grupos. A Seleção Brasileira chega aos 6 pontos empatada com a Itália, que venceu os seus dois primeiros jogos. Até o momento, no entanto, as italianas se classificam na primeira posição, devido a critérios de desempate. A Austrália, que bateu a Jamaica por 4 x 1, também chegou aos 6 pontos e roubou a segunda posição da equipe de Vadão.

O adversário do Brasil nas oitavas de finais será Alemanha ou França.

O jogo
O Brasil foi para o jogo desfalcado de Formiga, que cumpre suspensão, e Andressa Alves, desconvocada na manhã desta terça devido a uma lesão na coxa. Dessa forma, a escalação brasileira para o duelo foi: Bárbara; Letícia Santos, Kathellen, Mônica e Tamires; Thaísa, Ludmila, Andressinha, Marta e Debinha; Cristiane. Já as italianas da técnica Milena Bertolini contaram com a seguinte formação: Giuliani; Guagni, Gama, Linari e Bartoli; Giugliano, Galli e Cernoia; Giacinti, Girelli e Bonansea.

 

No início do jogo, o Brasil alternou momentos de pressão à meta de Giuliani com erros na saída de bola na parte defensiva, que quase custaram caro à equipe. Apesar disso, nenhum dos times conseguiu abrir o placar.

Aos 28 minutos, o primeiro susto: Girelli recebeu cruzamento na grande área, driblou Letícia e mandou para o fundo da rede. Porém, a italiana se encontrava em posição de impedimento, e o gol foi anulado.

2º tempo
A exemplo do que aconteceu na primeira etapa, o Brasil também entrou melhor para o jogo e quase abriu o placar em duas ocasiões. Primeiro, em cobrança de falta de Andressinha na entrada da área, que parou no poste. Depois, Kathellen cabeceou entre três defensoras italianas, e a bola tirou tinta da trave direita. O placar, no entanto, teimou em ficar no zero.

O gol finalmente saiu aos 28 do segundo tempo. E de quem? Marta, é claro! Debinha deu uma arrancada e foi derrubada dentro da área por Linari. A camisa 10 foi para a cobrança e, com precisão, colocou a bola no canto de Giuliani. Brasil 1 x 0.

Com o gol, seu 17º em Copas, Marta se tornou a maior artilheira da história da competição, superando o alemão Miroslav Klose, e deu números finais à partida.

Últimas notícias