Barcelona apresenta Torres, mas ainda não inscreve reforço no Espanhol

Mateu Alemany, diretor esportivo do clube espanhol, garante que tudo está sendo feito para que ele possa estar disponível

atualizado 03/01/2022 11:52

Marc Graupera Aloma/Europa Press via Getty Images

O Barcelona apresentou oficialmente nesta segunda-feira (3/1) o atacante Ferrán Torres, contratado junto ao Manchester City por 45 milhões de euros (R$ 290 milhões na cotação atual), mas ainda não pode inscrever o jogador de 21 anos. Mateu Alemany, diretor esportivo do clube espanhol, garante que tudo está sendo feito para que ele possa estar disponível para o técnico Xavi Hernández.

“Sabemos onde estamos e os problemas que temos com o Fair Play Financeiro. Está sendo avaliado e tomaremos decisões para que a situação esteja resolvida e, assim, ele esteja disponível”, disse o dirigente.

O problema não é novo para o Barcelona. Em agosto do ano passado, reforços como Memphis Depay, Eric García e Sergio Agüero também não foram inscritos de imediato pelo clube, que teve de vender Jean-Clair Todibo, Junior Firpo, Carles Aleñá e De la Fuente, além de reduzir os salários dos capitães da equipe

Ainda segundo Alemany, existe a previsão de algumas saídas de jogadores nas próximas semanas que devem aliviar a folha salarial. O austríaco Yousouf Demir e o holandês Luuk De Jong, que estão emprestados, seriam os primeiros a deixar o clube. “A sua transferência (de Demir) ajudaria (a inscrever Ferrán Torres). Há muitas situações em marcha e para completar nesta semana para resolver a situação”.

Alheio aos problemas burocráticos, Ferrán Torres não escondeu a alegria por voltar ao futebol espanhol. O jogador foi revelado no Valencia antes de ir para o Manchester City em 2020. “Estão sendo dias muito especiais. Muito grato ao presidente e aos dirigentes pela recepção. Estou ansioso para jogar no Camp Nou”, afirmou o atacante, que se recupera de uma fratura no pé.

Pedido por Xavi Hernández após a aposentadoria precoce de Agüero para reforçar o ataque do Barcelona, Ferrán Torres elogiou o espanhol Pep Guardiola, seu técnico no Manchester City. “Aprendi muito, ele é um dos melhores treinadores do mundo. Tenho muitas memórias lindas”, concluiu.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias