Astro do PSG, Mbappé será padrinho de bebê panda que nasceu em zoológico francês

Um outro filhote terá como madrinha Zhang Jiaqi, chinesa que conquistou o ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020

atualizado 20/10/2021 8:36

Catherine Steenkeste/Getty Images

O zoológico de Beauval, na França, divulgou nesta quarta-feira que Kylian Mbappé, atacante do Paris Saint-Germain, aceitou ser padrinho de um dos bebês panda que nasceu no dia 2 de agosto no local. O outro terá como madrinha Zhang Jiaqi, chinesa que conquistou o ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, nos saltos ornamentais, na prova de plataforma de 10 metros sincronizado ao lado de Chen Yuxi.

Mbappé e Zhang Jiaqi estarão presentes na Cerimônia de Nome, que acontece no dia 18 de novembro, quando serão revelados os nomes chineses dos gêmeos pandas.

A primeira-dama da China geralmente escolhe os nomes dos pandas. Mas, nesta ocasião, o público poderá, pela primeira vez, decidir a partir de uma lista de 10 nomes escolhidos pela Associação Chinesa de Zoológicos. É possível votar em Anfu e Anqi; Yuandudu e Huanlili; Huanxi e Huanle; Huanxin e Huanyan ou Hehuan e Yuanying.

No momento, as duas fêmeas, que pesam mais de quatro quilos, “ficam com os olhos bem abertos” e “começam a se mexer”, segundo o zoológico, são chamadas de “Pequena Neve” e “Flor do Algodão”, nomes provisórios escolhidos pelos funcionários do Beauval.

Em dezembro de 2017, a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, batizou o irmão mais velho dos gêmeos Yuan Meng. Os pais são Huan Huan e Yuan Zi, um casal de pandas que a China emprestou em 2012 por 10 anos.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias