Árbitro da final da Libertadores já apitou título do River Plate

O chileno Roberto Tobar estava na final da Recopa entre os argentinos e o Athletico-PR e em jogos polêmicos do Flamengo em 2019

atualizado 12/11/2019 13:14

Marcelo Endelli/Getty Images

A Conmebol anunciou nesta terça-feira (12/11/2019) o árbitro que irá conduzir a grande final da Libertadores 2019, entre Flamengo x River Plate, em Lima, no Peru: o chileno Roberto Tobar. Ele apitou três partidas da atual edição do torneio continental, sendo duas dos cariocas e uma dos argentinos.

Na fase de grupos, era ele que estava com o apito no empate sem gols entre Peñarol x Flamengo, válido pela última rodada do Grupo D. Nesse houve uma pequena polêmica quanto à expulsão do lateral Pará após ele receber o segundo cartão amarelo. Surgiu o questionamento se a segunda faltas havia realmente sido uma infração ou não.

Tobar apitou o jogo de volta das oitavas de final entre Cruzeiro x River Plate, que terminou em 0 x 0 e os hermanos se classificaram na disputa de pênaltis, por 4 x 2. Na fase seguinte, o árbitro foi ao Maracanã para o duelo de ida entre Flamengo x Internacional, que ficou em 2 x 0. E mais uma vez, nessa ocasião, o juiz foi protagonista em um lance que poderia ter marcado pênalti do zagueiro flamenguista Rodrigo Caio em Paolo Guerrero, mas decidiu não fazer.

Outras decisões

O chileno também comandou a final da Recopa de 2019, entre River Plate x Athletico-PR, na qual os argentinos venceram por 3 x 0; mas da mesma forma esteve no título do Furacão na Copa Sul-Americana de 2018 sobre o Junior Barranquilla. Por fim, Tobar controlou a decisão da Copa América 2019, no título do Brasil em cima do Peru, por 3 x 1.

Vídeos
Últimas notícias