Após estresse no Milan, Paquetá reencontra bom futebol na França

Ex-Flamengo se tornou um dos principais jogadores do Lyon e vai garantindo sua vaga cativa na Seleção Brasileira

atualizado 21/10/2021 8:13

Lucas Paquetá comemorando no LyonMarcio Machado/Eurasia Sport Images/Getty Images

Lucas Paquetá deixou o Brasil no início de 2019 rumo ao Milan sob muita expectativa, após surgir muito bem na equipe profissional do Flamengo. No entanto, a realidade não correspondeu ao esperado. O jogador precisou deixar a Itália rumo à França para reencontrar o bom futebol e ter uma chance na Seleção.

No Flamengo de 2017 e 2018, Paquetá chamou a atenção como uma opção que oferecia velocidade, habilidade e boa presença ofensiva. Mesmo sem ter conquistado um título, ganhou o carinho da torcida pela identificação com o clube e o bom futebol apresentado.

Ainda em 2018, o Milan pagou cerca de 35 milhões de euros pelo jogador, que acabou trocando o Rubro-negro carioca pelo Rubro-negro italiano.

Passagem abaixo no Milan

O meia chegou como parte do projeto de reconstrução da equipe italiana, que ainda busca se recolocar entre as principais da Europa após alguns anos fora das principais competições. A seca de títulos relevantes perdura desde a temporada 2010/11 para o Campeonato Italiano, e desde 2006/07 no caso da Champions League.

Sendo um dos responsáveis na missão de reerguer um gigante, Paquetá não conseguiu se adaptar como esperado. Em 44 jogos pela equipe Rossonera, o meia canhoto anotou apenas um gol e três assistências.

Sem uma sequência de jogos, o meia foi perdendo espaço na equipe. O contexto levou o jogador ao extremo de seu bem-estar mental. Em janeiro do ano passado, após uma partida, o atleta foi diagnosticado com estresse e ansiedade após passar mal. Era necessário mudar.

Lyon, Bruno Guimarães e a boa fase

Paquetá precisou esperar até setembro para ver as coisas mudarem. Por 20 milhões de euros, o meia foi contratado pelo Lyon e depois de um bom tempo, passou a reencontrar seu bom futebol.

Se tornando cada vez mais necessário para a equipe, o jogador foi cavando sua vaga no time titular e se estabelecendo entre um dos principais jogadores da posição na França. Somando suas participações pelo Campeonato Francês e Copa da França, Paquetá atuou em 34 partidas, somando 10 gols e sete assistências.

Tal desempenho rendeu ao jogador uma vaga na seleção da temporada do Campeonato Francês.

 

A parceria com outro meia brasileiro, Bruno Guimarães, parece ter deixado o jogador à vontade não só dentro de campo, mas fora também. E o carinho da torcida reflete o bom momento do jogador, que ganhou uma música dos torcedores.

 

As boas atuações garantiram ao meia sua convocação e titularidade na Seleção Brasileira, tanto na Copa América, como nas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Nesta temporada, são quatro gols e duas assistências em 12 jogos. O jogador segue sendo um dos protagonistas do Lyon e, a cada partida, vem provando para a torcida e para o técnico Tite, que deve estar entre os convocados para o Mundial do ano que vem.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Mais lidas
Últimas notícias