Após era Messi/CR7, Barcelona e Real Madrid disputam El Clásico nº 274

O último jogo entre Real Madrid e Barcelona completou 17 anos em abril deste ano

atualizado 23/10/2021 16:04

Victor Carretero/Real Madrid

O torcedor que for acompanhar o “El Clásico” deste domingo (24/10) notará algo pela primeira vez em 17 anos: a ausência de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo em campo. O argentino subiu para o profissional do Barcelona em 2005, enquanto o português foi contratado pelo Real Madrid em 2009. Desde então, eles abrilhantaram um dos jogos mais aguardados da temporada.

Hoje no Paris Saint Germain, Messi deixou os Culés no meio deste ano, após mais de duas décadas no clube, por conta do grave problema financeiro vivido pela equipe azul-grená. O argentino disputou o seu primeiro clássico no dia 19 de novembro de 2005. Este foi o fatídico dia em que Ronaldinho Gaúcho saiu aplaudido pela torcida rival. O Brasileiro marcou dois gols na vitória por 3 x 0. Eto’o fechou o marcador.

Já Ronaldo migrou para a Espanha em 2009 e ficou nove anos por lá, deixando o clube para atuar na Juventus, da Itália. Em agosto deste ano, o português voltou ao Manchester United, time pelo qual despontou para o mundo como grande craque. Ele entrou em campo pela primeira vez para enfrentar o Barcelona na temporada 2009-2010 e perdeu por 1 x 0.

Lionel Messi x Cristiano Ronaldo

Durante a vasta história do confronto entre os dois recordistas em bolas de ouro, a balança tende para o lado do argentino. Foram 36 jogos, com 16 vitórias de Messi, nove empates e 11 triunfos de CR7.

No registro, constam três jogos entre Manchester United e Barcelona (0 x 0, 1 x 0 e 0 x 2), incluindo a final da Champions League de 2008-09, vencida pelos Blaugranas e outro que colocou os Culés contra a Juventus (0 x 3). Eles também se enfrentaram pelas seleções nacionais, com um triunfo para cada lado. Portugal e Argentina (1 x 2 e 1 x 0).

Os outros 30 embates foram entre Real Madrid e Barcelona. Ao total, foram oito vitórias para os “Blancos”, oito empates e 14 triunfos para o clube azul-grená.

Quando o assunto são gols, os dois não ficam muito distantes. Em todas as partidas citadas, Cristiano Ronaldo balançou as redes 20 vezes, enquanto Lionel Messi saiu para o abraço em 21 oportunidades.

E se contar somente “El Clásico”

Na história de um dos maiores clássicos do mundo, os dois jogadores divergem do número citado acima, já que, no período em que os dois dividiam a atenção na Espanha, eles estivem sempre juntos em campo, além de Messi ter ficado muito mais tempo por lá.

Pois bem, em toda a sua história no Barça, Lionel jogou 45 vezes contra o Real Madrid. O argentino triunfou em 19 oportunidades, empatou 11 e perdeu outras 15. Foram 26 gols marcados e 14 assistências.

Já Cristiano Ronaldo, mesmo com menos tempo de casa, esteve em campo em 34 embates. Foram 10 vitórias, nove igualdades e 15 revezes. O português balançou as redes em 20 ocasiões e distribuiu três passes para gol.

Vinícius Júnior x Ansu Fati

Sem os dois maiores jogadores da última geração, o clássico terá as duas figuras promissoras como grandes expoentes. O brasileiro, de 21 anos, está no Real Madrid desde 2018 e vai para o seu 7º jogo contra os Blaugranas. E ele leva vantagem. Foram três vitórias, um empate e duas derrotas, mas com apenas um gol marcado.

O atacante tupiniquim, inclusive, foi elogiado por Piqué, rival neste domingo.

O novo camisa 10 do Barcelona subiu para o profissional apenas em 2020. Aos 18 anos, ele vai para o seu 4º “El Clásico”. Diferente de Vini Jr., ele ainda não venceu o confronto. Foram dois revezes, além de uma igualdade. Ele balançou as redes em uma oportunidade.

Temporada 2021-22

O momento das duas equipes é bastante diferente. O Real Madrid começou a temporada bem das pernas, em uma intensa especulação em torno da contratação de Kylian Mbappé. Apesar disso, não lidera nenhuma competição até aqui. Confira os números.

  • La Liga – 8 J – 5 V / 2 E / 1 D – 22 gols marcados / 10 gols sofridos – 3º colocado
  • Champions League – 3 J – 2 V / 1 D – 7 GM / 2 GS – 2º do grupo

Do outro lado, o Barcelona escancarou o que pode ser a maior crise de sua história. Com pouco dinheiro em caixa, o clube não conseguiu manter Lionel Messi e ainda precisou que Piqué e Busquets reduzisse os salários para inscrever Sergio Agüero. Assim, os Blaugranas se encaixaram no Fair Play Financeiro e evitaram uma punição. A situação teve reflexo dentro de campo e a equipe faz uma temporada abaixo do esperado.

  • La Liga – 8 J – 4 V / 3 E / 1 D – 14 GM / 8 GS – 7º colocado
  • Champions League – 3 J – 1 V / 2 D – 1 GM / 6 GS – 3º da chave

Após o fim da história dos astros com os espanhóis, não será desta vez que o mundo será brindado com um confronto entre os dois.

Sem eles, Barcelona e Real Madrid se enfrentam neste domingo (24/10), às 11h15, no Camp Nou.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias