El Pato, golfista argentino procurado pela Interpol, é preso pela PF no Rio

O atleta de 51 anos é acusado, entre outros crimes, de ter cometido violência doméstica contra duas ex-companheiras na Argentina

atualizado 15/01/2021 10:55

Angel CabreraKevin C. Cox/Getty Images

A Polícia Federal (PF) prendeu nessa quinta-feira (14/1), no Rio de Janeiro, o golfista argentino Ángel Cabrera. O atleta de 51 anos constava na lista da Difusão Vermelha da Interpol, acusado, entre outros crimes, de ter cometido violência doméstica contra duas ex-companheiras.

Cabrera, também conhecido como El Pato, estava no Leblon, bairro de classe média alta do Rio, quando foi abordado pelos agentes de segurança. Além da acusação de violência doméstica, ele responderá por crimes de lesão corporal, furto e desobediência. Os atos teriam ocorrido entre 2016 e 2020.

O mandado de prisão preventiva para fins de extradição foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mas irá aguardar o cumprimento da extradição em sistema prisional de Benfica, no Rio.

El Pato é um dos maiores golfistas sul-americano. Em 2007, ele desbancou ninguém menos que Tiger Woods, no US Open. Além disso, ostenta um título de Masters, em 2009.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias