Do Bronx fala sobre possível luta com McGregor: “Pediu, mas correu”

Em entrevista ao podcast Mundo da Luta, o brasileiro também garantiu vitória contra Justin Gaethje, no UFC 274, em 7 de maio

atualizado 23/03/2022 9:27

Chris Unger/Zuffa LLC

Em entrevista ao podcast Mundo da Luta, Charles do Bronx, campeão peso-leve do UFC, falou sobre o seu futuro próximo na categoria. Além de garantir vitória contra Justin Gaethje, contra quem lutará no próximo dia 7 de maio pelo UFC 274, comentou sobre a possibilidade de uma luta contra Conor McGregor.

“Essa luta contra o Conor eu sempre vou querer fazer, porque é uma luta que garante um dinheiro que muda a vida. Ele vivia me perguntando quando lutaríamos, mas agora parece que correu. Mas não tem problema, eu luto com ele no peso-leve, no peso-meio-médio ou até no peso-médio. O que eu não vou é ficar correndo atrás de ninguém, não preciso disso. Quando tiver que acontecer, vai acontecer…”, afirmou.

Charles também relembrou a derrota que mais o ensinou na carreira: contra Paul Felder, no UFC 218, em 2017, a última vez que Do Bronx saiu do octógono derrotado.

“As derrotas ensinam muito, mas só para quem está disposto a aprender. Uma derrota que me ensinou demais foi contra o Paul Felder. Naquela luta, ele me acertou com o cotovelo, e quem é golpeado assim primeiro é cortado e depois o local incha muito. Depois da luta, no aeroporto, eu sabia que estava “zoado”, mas as pessoas estavam olhando muito para mim. Quando olhei no espelho, eu tomei um susto. Eu estava deformado. Acabei comprando um óculos daqueles femininos imensos e coloquei na cara. E, quando cheguei ao Brasil, quis logo treinar. Minha equipe me mandou descansar, mas eu queria treinar, aprender mais e entender como tudo tinha acontecido. Essa luta, e essa derrota, me deram o clique para que eu mudasse a minha trajetória na carreira”, relembrou.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias