Brasilienses representarão o Brasil no Campeonato Mundial de goalball

Atletas da cidade entrarão em quadra a partir de quarta-feira (7/12), para disputa competição internacional

atualizado 05/12/2022 20:31

Divulgação

O Campeonato Mundial de goalball começa nesta quarta-feira (7/12) em Matozinhos (Portugal), e já no dia seguinte, as seleções brasileiras masculina e feminina entram em quadra. Repletos de atletas brasilienses, os times entram na competição com o mesmo objetivo, mas em condições distintas.

Enquanto os rapazes querem conquistar o tricampeonato e manter a hegemonia no torneio, as meninas vão em busca do título inédito.

“Os meninos chegam como grandes favoritos”, crava o técnico Gabriel Goulart, de 36 anos. “Todos estão muito bem preparados fisicamente, tecnicamente, taticamente e psicologicamente”, garante o treinador candango que, no Distrito Federal, comanda a equipe do Capital e treina futuras promessas do esporte no Centro Olímpico e Paralímpico de São Sebastião.

A equipe conta com André Dantas (27) e Leomon Moreno (29). Este último é considerado o Neymar da modalidade. Bicampeão mundial e um dos principais atletas da modalidade em todo o planeta, o ex-morador de Ceilândia defende o Santos, após uma vitoriosa passagem pelo português Sporting nas ligas europeias.

Na seleção feminina, além do treinador Gabriel, o time tem Jéssica Vitorino (29) e Kátia Aparecida (27). O grupo vem de um bronze no Mundial disputado na cidade sueca de Malmö, em 2018. ” Eu vejo como essas meninas se dedicam, se preparam. O grupo, apesar de novo, está preparado para ser campeão”, aposta o técnico, que assumiu o cargo este ano e terá sua primeira experiência em Mundiais.

O Brasil estreia com os rapazes primeiro: enfrentam a Argélia, às 7h10 (de Brasília) – a cidade-sede se encontra três horas à frente do fuso brasileiro. Mais tarde, às 13h, as meninas encaram a Grã-Bretanha. Cada time jogará apenas uma vez por dia.

A competição será realizada até o dia 16. Em ambos os torneios, o sistema de disputas será o mesmo: dois grupos com oito países em cada que se enfrentam entre si em turno único, totalizando sete partidas na fase classificatória. Os quatro melhores de cada lado avançam às quartas de final.

As disputas por medalha estão marcadas para o dia 16, e as mulheres fecharão o evento.

O campeonato será classificatório para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024: campeão e vice de cada categoria estarão automaticamente garantidos. As partidas ocorrerão simultaneamente em duas quadras do Centro de Desportos e Congressos: o Ginásio Professor Costa Pereira, que será o principal, e o Ginásio Ilídio Ramos. O Brasil nunca terá duelos dos times masculino e feminino no mesmo horário.

Entenda o goalball
O goalball é um esporte coletivo com bola, praticado por atletas que possuem deficiência visual. Foi inventado em 1946 pelo austríaco Hanz Lorenzen e pelo alemão Sett Reindle. O objetivo do jogo é arremessar uma bola com as mãos de modo em que a bola entre na baliza do adversário.

De cada lado da quadra, há um gol com 9m de largura e 1,30m de altura. Os atletas são, ao mesmo tempo, arremessadores e defensores. O arremesso deve ser rasteiro ou tocar pelo menos uma vez nas áreas obrigatórias.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias