Bia Ferreira bate chinesa e é medalha de ouro no Mundial de Boxe

A atleta de 26 anos repetiu o feito da pioneira Roseli Feitosa, que também foi campeã do mundo em 2010

ReproduçãoReprodução

atualizado 13/10/2019 13:43

A brasileira Beatriz Ferreira fez bonito e conquistou, na madrugada deste domingo (13/10/2019), o ouro no Mundial de Boxe, que está sendo disputado na Rússia, na categoria leve (até 60 quilos). Com decisão unânime dos jurados, ela superou a chinesa Cong Wang em combate realizado na cidade de Ulan-Ude, sagrando-se a segunda brasileira a ganhar o título na história.

A atleta de 26 anos repetiu o feito da pioneira Roseli Feitosa, que também foi campeã do mundo em 2010, só que na categoria meio-pesado (81 kg). Agora, Bia acumula 24 medalhas em 25 competições das quais participou desde o início da carreira e desde 2017 não sabe o que é ficar de fora de um pódio. Em agosto, nos Jogos Pan-Americanos de Lima, ela também foi a primeira brasileira campeã do evento entre as mulheres no boxe.

Durante toda a luta deste domingo, que teve a duração de três rounds de três minutos, seguindo o padrão olímpico, a baiana, mais baixa e veloz que a oponente, mostrou muito mais iniciativa que a asiática, o que fez com que, ao final do embate, fosse declarada vencedora por cinco votos a zero na avaliação do júri.

Bia começou na nobre arte aos quatro anos de idade na garagem de casa, onde seu pai, Raimundo, mais conhecido no boxe como Sergipe, dava aulas para crianças carentes da região.

Para chegar à decisão deste domingo, ela derrotou Keamogetse Kenosi, de Botsuana, por nocaute técnico no segundo assalto; a venezuelana Omailyn Alcalápor, após decisão unânime nas oitavas de final, e bateu a russa Natalia Shadrina em decisão dividida.

A medalha de ouro conquistada neste domingo, no entanto, não garante Bia Ferreira na Olimpíada de Tóquio no ano que vem, uma vez que A Associação Internacional de Boxe (AIBA) não é reconhecida pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) após investigações, crise financeira e afastamento do presidente. Com isso, Bia terá de buscar a vaga olímpica no Pré-Olímpico da Américas de Buenos Aires, Argentina, em março, ou no Pré-Olímpico Mundial, em maio.

Agora campeã do mundo, a soteropolitana segue para a China, onde, ao lado de Graciele Jesus e Jucielen Cerqueira, vai disputar o Mundial Militar.

Classificação

PosTimePÚltimos
jogos
1Flamengo90
W W W W L
2Santos74
W L W L W
3Palmeiras74
L L L W W
4Grêmio65
W L W W L
5Athletico-PR64
W W D W D
6São Paulo63
D W L W W
7Corinthians56
L W L W L
8Internacional55
D L W L D
9Fortaleza53
D W W D W
10Goiás52
W W L L W
11Atlético-MG49
L D W W D
12Bahia49
L D W D L
13Vasco49
D L W D D
14Fluminense46
W W D D W
15Botafogo43
W W L L D
16Ceará39
D L D L D
17Cruzeiro36
L L L L L
18CSA32
L W L L L
19Chapecoense32
W L L W D
20Avaí20
L L D L D
Últimas notícias