Craque da NBA briga com único torcedor presente no ginásio: o mascote

Devin Booker não gostou de ser provocado pelo Raptor, o mascote dinossauro do time de Toronto

atualizado 12/01/2022 15:59

Jacob Kupferman/Getty Images

O Phoenix Suns conseguiu uma vitória por 99 x 95 contra o Toronto Raptors. No entanto, para confirmar o triunfo, a partida contou com um curioso drama em seu final.

Vencendo por um ponto nos segundos finais, Devin Booker foi até a linha de lance livre e, durante as cobranças, o craque dos Suns não gostou da presença de Raptor, o mascote da equipe de Toronto, único “torcedor” permitido no estádio devido aos protocolos de saúde no estado de Ontario.

Raptor tentou distrair Booker enquanto o jogador cobrava seus lances livres, uma prática comum durante os jogos da NBA. No entanto, dessa vez, Devin pediu para a arbitragem afastar o mascote, que se afastou da área.

“Eu só estava tentando afastá-lo. Funcionou. Eu prefiro arremessar sem ele estar ali. Nós fazemos competições de arremessos todos os dias e esses dois (se referindo a Jae Crowder e Chris Paul) fazem a mesma coisa toda hora e eu reclamo deles. É algo meu”, explicou Devin Booker depois da partida, esclarecendo também que está tudo bem entre ele e o mascote.

Nas redes, os internautas se divertiram com a “rivalidade inusitada”.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias