Covid-19, mortes, diplomacia: a temporada que a NBA quer esquecer

Após anos de popularidade, crescimento e ótimas audiências, a principal liga de basquete do mundo tem a temporada mais tumultuada em décadas

atualizado 20/03/2020 21:21

A temporada 2019-20 da NBA prometia ser uma das melhores e mais interessantes disputadas em muito tempo. Com o Golden State Warriors, equipe que dominou a liga nos últimos anos, enfraquecido, vários importantes jogadores mudando de time e redesenhando a dinâmica de forças e a injeção de novo talento pedindo passagem, o campeonato carregava uma expectativa de emoção e imprevisibilidade muitas vezes ausente do jogo.

A realidade atual, no entanto, não poderia ser mais distante. A liga se encontra em uma suspensão de, no mínimo, 30 dias após Rudy Gobert, do Utah Jazz, ter sido testado positivo para a Covid-19.

Antes disso, porém, a NBA vivia lutos pela perda de duas figuras históricas para a liga e para o esporte e lidava com as consequências de um incidente diplomático com a China ocorrido mesmo antes de a bola quicar para a temporada 2019-20.

Relembre, abaixo, os detalhes dos incidentes que ajudaram a culminar na temporada da NBA mais tumultuada, talvez, de todos os tempos:

0

Vídeos
Últimas notícias