Arquiteto do Rockets pede demissão; Clippers contratam campeão com LeBron

Daryl Morey deixa Houston após colocar sua marca na franquia; Ty Lue assume cargo deixado por Doc Rivers

atualizado 15/10/2020 17:27

Bob Levey/Getty Images/Jason Miller/Getty Images

A quinta-feira (15/10) foi agitada para duas franquias que tinham pretensões de título na temporada 2019/20 da NBA, mas ficaram pelo caminho. O gerente-geral do Houston Rockets, Daryl Morey, pediu demissão do cargo, e o Los Angeles Clippers contratou Ty Lue para assumir a posição de técnico da franquia.

Morey assumiu a posição de gerente-geral do Houston Rockets em 2007. Ele foi o principal engenheiro da troca que trouxe James Harden para a franquia texana. A dupla, junto do técnico Mike D’Antoni criou um estilo de jogo baseado em estatísticas avançadas e muitas bolas de três.

Na última temporada, o Rockets levou seus métodos ao extremo, jogando sem um pivô tradicional, como uma forma de criar mais espaço para suas estrelas invadirem o garrafão e apostando na energia e tenacidade de PJ Tucker e Robert Covington para garantir a defesa.

Apesar da ousadia, o time não conseguiu vencer o esperado título, mesmo tendo um dos grandes jogadores ofensivos da atual geração auge em James Harden e peças como Dwight Howard, Chris Paul e Russell Westbrook. Desde 2012-13, quando Harden chegou à equipe, os Rockets foram aos playoffs em toda a temporada, mas não conseguiram passar das Finais de Conferência, altura na qual perderam duas vezes para o Golden State Warriors (foram eliminados em outras duas ocasiões por Golden State na primeira e segunda fase).

Clippers

O Los Angeles Clippers montou um super time na atual temporada para ser campeã, liderada por Kawhi Leonard e Paul George. No entanto, problemas de química e entrosamento atrapalharam o campeonato da equipe desde o começo e eles nunca encontraram um ritmo, sendo eliminados na segunda rodada dos playoffs após estarem liderando por 3 x 1 o Denver Nuggets.

Para continuar o trabalho iniciado por Doc Rivers e superar o trauma, o escolhido foi Ty Lue, que ajudou LeBron, Kyrie e Cia. a virar um déficit de 3 x 1 contra o Golden State Warriors para vencer o título em 2016.

Lue começou seu trabalho nos Cavs substituindo o técnico David Blatt no meio da temporada. Após o título, ele chegou mais duas vezes nas Finais antes de perder para os Warriors nas duas ocasiões. Depois da partida de LeBron, Lue foi demitido pela franquia após seis derrotas em seis jogos.

Apesar das críticas e desconfiança em relação ao seu trabalho — afinal, ele chegou às Finais com LeBron –, Lue terá novamente um dos melhores jogadores da liga ao seu dispor em Kawhi Leonard, além de um elenco capaz de brigar novamente pelo título.

Vídeos
Últimas notícias