Pietro Fittipaldi fica em 8º no último teste da F1 em Abu Dabi

Piloto de testes da Haas, o neto de Emerson Fittipaldi recebeu a oportunidade de pilotar o carro nesta quarta

atualizado 04/12/2019 16:09

Haas F1 Team/ RF1

A Mercedes liderou o último dia de testes da Fórmula 1 em 2019. Nesta quarta-feira (04/12/2019), o britânico George Russell foi o mais rápido na atividade realizada no circuito de Yas Marina, em Abu Dabi, realizada para avaliação dos pneus que serão utilizados na temporada 2020. Já o brasileiro Pietro Fittipaldi treinou pela Haas e fechou a atividade em oitavo lugar entre os 11 participantes.

Após treinar pela Williams na terça-feira, Russell cravou o tempo de 1min37s204 na melhor das suas 145 voltas para colocar a Mercedes na frente, como havia ocorrido na terça-feira, quando o finlandês Valtteri Botttas tinha sido o mais rápido do dia.

Piloto de testes da Haas, Pietro recebeu a oportunidade de pilotar a Haas nesta quarta. O neto de Emerson Fittipaldi deu 135 voltas, tendo a marca de 1min39s682 como a sua melhor. Ele, assim, foi 2s4 mais lento do que Russell, mas ficou a apenas 0s1 do que o tempo registrado pelo francês Romain Grosjean, piloto titular da Haas, na terça.

Quem mais se aproximou de Russell foi Charles Leclerc. O monegasco da Ferrari fez o tempo de 1min37s401, tendo dado 103 voltas rápidas. Mas chamou mais atenção por ter batido no muro ao perder o controle do seu carro na curva 14 do circuito de Yas Marina.

0

Com Pietro em oitavo lugar, o brasileiro foi mais rápido do que o italiano Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, além dos dois pilotos que testaram pela Williams: o canadense Nicholas Latifi e o israelense Roy Nissani.

Além de trabalhar com a Haas em 2018 no simulador e também em testes nas pistas, Pietro ainda disputou a temporada completa da DTM. Na F1, o brasileiro já acumulava mais de 1.435 km rodados em testes na categoria, antes de entrar na pista nesta quarta. O último treino dele havia sido realizado em maio, na pista de Barcelona, sendo que Pietro completou na época mais de 100 voltas em um único dia.

“É especial voltar aqui em Abu Dhabi, circuito onde pilotei pela primeira vez um F1 em novembro do ano passado. Todo o desenvolvimento desses dois dias de treinos aqui serão importantes para a equipe preparar o modelo de 2020” disse Pietro, antes de testar o protótipo de 2019 da Haas.

(Com informações da Agência Estado)

Vídeos
Últimas notícias