Max Verstappen domina treino e larga na pole no GP da Áustria

Holandês levou a melhor sobre Lewis Hamilton, que largará em segundo na prova deste domingo (27/6)

atualizado 26/06/2021 12:54

Getty Images

Max Verstappen começa a sobrar na temporada de Fórmula 1. Depois de um início difícil, igualou as três vitórias de Lewis Hamilton ao ganhar na França, há uma semana, lidera o Mundial de Pilotos e pode ampliar a vantagem de 12 pontos ao cravar a pole no GP da Estíria, em Spielberg, casa da Red Bull Racing, na Áustria.

O holandês foi o único piloto do grid a cravar um tempo abaixo de 1min03. Lewis Hamilton larga a seu lado por causa de punição de três posições para Valtteri Bottas, que fez o segundo melhor tempo do dia. A surpresa do grid é Lando Norris, da McLaren, em terceiro.

Sem necessidade de uma segunda volta rápida no Q3, Verstappen cravou 1min03s841 para sair na frente de uma corrida somente pela sexta vez na carreira. Sai feliz e esperando que o resultado seja o mesmo que ocorreu no circuito de Paul Ricard, na semana passada, quando venceu ao ultrapassar Hamilton há duas voltas do fim.

“O fim de semana está muito bom até agora, com o carro perfeito para guiar na classificação. E é muito bom fazer a pole pela primeira vez em casa”, festejou o holandês, sem se iludir com uma possível prova tranquila pela frente. “Nunca será fácil, amanhã vai ser muito apertado e interessante. Espero que tão interessante como foi na França.”

Insatisfeito com a grande diferença de desempenho entre os carros da Mercedes e Red Bull na tomada de tempos, Hamilton prometeu “brigar” na corrida, apesar de reconhecer o ótimo fim de semana de Verstappen. “Max mandou muito bem.”

A previsão de chuva para a oitava etapa de 23 corridas programadas para 2021 na Fórmula 1 é de 90%, o que aumenta a esperança de triunfo de Hamilton e pode modificar um fim de semana até então perfeito da Red Bull.

O TREINO

Depois de desempenho ruim no terceiro treino livre, a Mclaren prometia melhorar o desempenho no treino classificatório. E Lance Norris foi logo cravando 1min04s584. Assim como a AlphaTauri queria repetir o bom desempenho da amanhã na Áustria e de cara colocou Pierre Gasly e Yuki Tsunoda entre os 10 melhores.

O começo do Q1 ainda mostrava que as favoritas não iriam decepcionar. Bottas e Hamilton repetiram marcas abaixo de 1min05, com Verstappen na frente, mas sem o melhor tempo do fim de semana. Já o campeão mundial Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, errou na volta rápida e acabou saindo da pista.

Em segunda volta, Ricciardo evitou o vexame com o 15° tempo. Raikkonen não conseguiu melhorar e sairá entre os piores. Outra decepção foi Esteban Ocon, somente o 17°.

O Q2 começou com Verstappen novamente cravando o melhor tempo, mas abaixo do somado no Q1. Pérez, com pneu macio, fez o segundo tempo após ir mal no começo do treino. Optou por monoposto mais rápido para evitar não avançar entre os 10 melhores. Hamilton e Bottas apareciam logo a seguir. Até Gasly fazer volta incrível e assumir a ponta, com Norris em quarto, ambos com pneus macios.

Vettel, Leclerc e Ricciardo precisavam melhorar o desempenho para não serem eliminados do Q3, no qual seus companheiros de equipe apareciam com voltas melhores. Apenas o monegasco conseguiu.

A definição do grid começou com Hamilton indo logo à pista. Queria repetir a pole de 2020 num treino no qual era apenas coadjuvante até então. Estava com pneus macios. Fez 1min04s205, então a melhor marca do fim de semana, jogando pressão na Red Bull. A definição do grid viria com todos os pilotos usando pneus macios.

Verstappen fez 1min03s841, marca difícil de ser derrubada. Eram quase 4 segundos mais veloz que a Mercedes. O inglês melhorou em segunda tentativa, mas ainda acima. Norris era a surpresa, em terceiro. Todos teriam uma última tentativa. Hamilton errou e perdeu a segunda posição para Bottas. Mas o finlandês perderá três posições no grid por punição e caiu para quinto. Norris brilhou com o terceiro tempo.

Confira o grid de largada do GP da Estíria:

1º) Max Verstappen (HOL/Red Bull) – 1min03s841

2º) Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) – 1min04s067

3º) Lando Norris (GBR/McLaren) – 1min04s120

4º) Sergio Perez (MEX/Red Bull) – 1min04s168

5º) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 1min04s035*

6º) Pierre Gasly (FRA/AlphatTauri) – 1min04s236

7º) Charles Leclerc (MON/Ferrari) – 1min04s472

8º) Yuki Tsunoda (JAP/AlphaTauri) – 1min04s514

9º) Fernando Alonso (ESP/Alpine) – 1min04s574

10º) Lance Stroll (CAN/Aston Martin) – 1min04s708

——————————————————

11º) George Russell (GBR/Williams) – 1min04s671

12º) Carlos Sainz (ESP/Ferrari) – 1min04s800

13º) Daniel Ricciardo (AUS/McLaren) – 1min04s808

14º) Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin) – 1min04s875

15º) Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) – 1min04s913

——————————————————

16º) Nicholas Latifi (CAN/Williams) – 1min05s175

17º) Esteban Ocon (FRA/Alpine) – 1min05s217

18º) Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) – 1min05s429

19º) Mick Schumacher (ALE/Haas) – 1min06s041

20º) Nikita Mazepin (RUS/Haas) – 1min06s192

*Punido com três posições no grid

Vídeos
Mais lidas
Últimas notícias