Fórmula 1 tem dois casos positivos de coronavírus antes do GP da Hungria

Categoria aposta que confirmações não terão maiores impactos na realização da prova

atualizado 17/07/2020 14:26

A Fórmula 1 anunciou que teve dois casos confirmados de coronavírus antes do Grande Prêmio da Hungria. Segundo a categoria, os infectados não são funcionários empregados pelas 10 equipes e trabalham para o circuito.

Os infectados foram isolados e o fato não terá impacto na realização do Grande Prêmio. “A FIA e a Fórmula 1 podem confirmar que entre 10 e 16 de julho, 4.997 testes para COVID-19 foram realizados em pilotos e membros da equipe. Dentre esses, duas pessoas testaram positivo”, a categoria informou via uma nota oficial.

“Os indivíduos não estavam presentes na Áustria, e os afetados foram removidos das operações e isolados”.

A FIA e a Fórmula 1 informaram também que não apresentarão mais detalhes sobre os indivíduos afetados.

Mais lidas
Vídeos
Comprar ingresso para o jogo (Cruzeiro contra Chapecoense)
Últimas notícias