Atletas africanos dominam a 94ª edição da São Silvestre

A prova feminina foi vencida pela queniana Sandrafelis Tuei e a masculina pelo etíope Belahy Bezabh

atualizado 31/12/2018 10:49

iStock

Atletas africanos dominaram a 94ª edição da corrida de São Silvestre, realizada nesta segunda-feira (31/12) em São Paulo. Tanto na prova masculina quanto na feminina, os cinco primeiros lugares ficaram com esportistas do continente. Brasileiros, tanto na etapa dos homens quanto das mulheres, ostentaram a oitava posição.

Com mais de 30 mil participantes, as duas provas tiveram início na manhã do último dia do ano. As mulheres deram início ao trajeto às 8h40. A vencedora foi a queniana Sandrafelis Tuei. Já a prova masculina teve o atleta da Etiópia Belahy Bezabh na liderança.

A disputa teve início na Avenida Paulista. Na prova masculina, esta é a quinta vitória da Etiópia na corrida apenas nesta década, o que consolidou o país do nordeste africano como o maior ganhador da corrida nos últimos anos.

Antes de alcançar a linha de chagada, os competidores tiveram que percorrer um trajeto de 15 km no centro da capital paulista.

Resultado do masculino

1º lugar – Belay Bezabh (Etiópia)
2º lugar – Dawitt Admasu (Bahrein)
3º lugar – Amdework Tadese (Etiópia)
8º lugar – Giovani dos Santos (Brasil)

Prova feminina 
Mais cedo, a queniana Sandrafelis Tuei conquistou o primeiro lugar da prova feminina. A vencedora fez parte do percurso atrás da compatriota Pauline Kamulu, que terminou em segundo lugar. Faltando poucos metros para o fim da maratona, Tuei ultrapassou a adversária, que já apresentava sinais de cansaço nessa fase da prova, e concluiu a corrida na frente. Além da vencedora, que é do Quênia, outras duas atletas do mesmo país africano dividiram as cinco primeiras posições da competição, que não teve nenhuma brasileira.

Classificação da prova feminina

1º lugar – Sandrafelis Tuei (Quênia)
2º lugar – Pauline Kamulu (Quênia)
3º lugar – Mestawut Truneh (Etiópia)
8º lugar – Jenifer Nascimento (Brasil)

Vídeos
Últimas notícias