Viúva de Gugu Liberato vai à Justiça por direito à herança

Rose Miram quer comprovar união estável com o apresentador e herdar parte dos bens – processo está em segredo de Justiça

Marcelo Sá Barretto/AgNews

atualizado 20/12/2019 12:03

A viúva de Gugu Liberato, Rose Miram Souza di Matteo, revelou, em entrevista à colunista Mônica Bergamo, que vai acionar a Justiça pedindo reconhecimento de união estável com o apresentador e disputando a herança deixada com ele.

Os dois ficaram juntos por 19 anos e ela é a mãe dos três filhos de gugu (João Augusto, Marina e Sofia Liberato). Caso ganhe o embate judicial, Rose Miriam passaria, então, a ter metade da herança de Gugu – o inventário corre em segredo de Justiça.

Atualmente, Rose Miriam não tem direito a nada, já que ela e Gugu não eram casados oficialmente e ela nem foi incluída no testamento assinado pelo apresentador em 2011.

Segundo Mônica Bergamo, o documento prevê que a herança de Gugu seja divida em duas partes: 50% são dos três filhos. Da segunda metade, 75% fica com João, Marina e Sofia e 25% passas para os cinco sobrinhos.

Em nota divulgada à imprensa, a família de Gugu diz que a disputa judicial, na verdade, colocaria Rose contra seus três filhos. No entanto, a viúva questiona essa interpretação.

Rose Miriam alega ter direito à sua parte na herança, na condição de viúva. Ela garante que passará, imediatamente, sua parte aos filhos e viverá de usofruto dos recursos.

Gugu Liberato morreu, aos 60 anos, no dia 22 de novembro de 2019, após sofrer um acidente doméstico em Orlando, nos Estados Unidos.

Últimas notícias