Incansável quando o assunto é aprontar para se dar bem, Rochelle (Giovanna Lancellotti) vai ter que lidar com uma situação dramática, que vai modificar profundamente sua visão a respeito da vida: ela vai ser diagnosticada com Síndrome de Guillain-Barré, uma doença autoimune que atinge o sistema nervoso.

Tudo começa quando a moça ofende Roberval (Fabrício Boliveira), que se revolta com a atitude da sobrinha e a expulsa de casa. Desesperada com a possibilidade de perder a boa vida que leva no local, Rochelle chegará ao ponto de fingir uma briga com o tio, rasgando a própria roupa e caindo sobre uma mesa de vidro, além de inventar que ele queria estuprá-la. Tudo para chantageá-lo.

Ferida após o “espetáculo”, a filha de Edgar (Caco Ciocler) é levada ao hospital, submetida a exames e diagnosticada com Síndrome de Guillain-Barré. Ciente da gravidade da situação, o médico a impede de ir embora para casa e resolve pedir novos procedimentos para que um panorama sobre o estado de saúde da moça seja traçado.

A novidade cai como uma bomba sobre a família Athayde, que fica arrasada com a péssima notícia envolvendo Rochelle, mas resolve apoiá-la com carinho. Até mesmo Roberval fica preocupado com o estado de saúde da sobrinha e se coloca à disposição para ajudá-la.

As cenas envolvendo o diagnóstico da doença de Rochelle estão previstas para serem exibidas a partir de segunda-feira, dia 24.