Saiba mais sobre Heartstopper, série LGTBQIAP+ destaque da Netflix

A produção estreou na última sexta-feira (22/4) e conquistou o coração de muitos assinantes da plataforma de streaming

atualizado 23/04/2022 18:59

Heartstopper estreou na Netflix e foi amado pelos assinantes do streaming Divulgação

A série Heartstopper chegou ao catálogo da Netflix só na última sexta-feira (22/4), mas foi necessário apenas um dia para ser aclamada por muitos assinantes do serviço de streaming. Nos trending topics do Twitter, a produção chegou ao Top 3 da plataforma em poucas horas.

A obra cinematográfica é baseada em uma história ilustrada de Alice Oseman, uma jovem escritora inglesa de 27 anos. Ao todo, foram quatro edições de Heartstopper: Dois Garotos, Um Encontro (2017), Minha Pessoa Favorita (2019), Um Passo Adiante (2020) e De Mãos Dadas (2021). Os volumes foram adquiridos pela Hachette Children’s Group, do Reino Unido.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

De acordo com a sinopse oficial do filme, a série fala sobre amadurecimento. Os adolescentes Charlie e Nick descobrem que são mais do que apenas amigos e precisam lidar com as dificuldades da vida escolar e amorosa. Um garoto conhece outro, dando origem a diversos sentimentos: amor, dúvida, felicidade e medo. Em oito capítulos a produção fala sobre a vida, o amor e muito mais.

Confira o trailer oficial da série da Netflix:

Com o sucesso das histórias em quadrinho, a See-Saw Films adquiriu os direitos da obra de Oseman em 2019. Pouco tempo depois, em janeiro de 2021, a Netflix anunciou que estava preparando a primeira temporada de Heartstopper. A escritora foi mantida como roteirista e produtora executiva da série.

Quem já está acostumado com Oseman, percebeu que os personagens principais, vividos por Kit Connor e Joe Locke, não surgiram para esta produção. Eles foram apresentados em Solitaire, primeiro romance da ilustradora, publicado em julho de 2014, quando a autora tinha 19 anos de idade.

Lançado no formato e-book, Solitaire pode ser adquirido por meio do site da autora, por 8 libras (cerca de R$ 50 na cotação atual). Além de virar série na Netflix, a autora já foi indicada a diversos prêmios literários, como o YA Book Prize, a Medalha Carnegie,  Goodreads Choice Awards, Inky Awards e United By Pop Awards, tendo vencido os dois últimos algumas vezes.

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos 

Mais lidas
Últimas notícias