Procon notifica Netflix sobre cobrança por compartilhamento de senha

O Procon de São Paulo pediu explicações para o serviço de streaming sobre a nova modalidade de cobrança. Veja os detalhes

atualizado 18/03/2022 15:04

Stream videos filmes series netflix app aplicativo 1 Vinícius Schmidt/Metrópoles

O Procon de São Paulo notificou, nesta sexta-feira (18/3), a Netflix Brasil sobre uma possível cobrança pelo compartilhamento de senhas entre usuários. A medida, segundo o serviço de streaming, será testada no Peru, Costa Rica e Chile.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

“O Procon-SP notificou a empresa Netflix Entretenimento Brasil LTDA. solicitando explicações sobre notícias relatando que a plataforma estuda, depois de testes realizados em países latinos, cobrar valores adicionais de assinantes que compartilham suas senhas”, diz o texto. Veja aqui a íntegra.

O serviço de apoio ao consumidor quer informações sobre quais localidades os testes formas realizadas e qual foi o critério de escolha.

Por meio de comunicado, o Procon também quer saber como funcionará a cobrança no Brasil.

“O Procon-SP também quer saber se a Netflix pretende aplicar essa cobrança adicional no Brasil e, em caso positivo, quando será implementado, como se dará o acesso adicional e quais valores serão cobrados”, afirma a assessoria do serviço de proteção ao consumidor.

Entenda

A Netflix anunciou que vai iniciar uma rodada de testes para realizar cobranças do compartilhamento de senhas.

Segundo comunicado da empresa, será cobrado um valor adicional de 50% da assinatura básica por usuário que não esteja na mesma casa do titular da conta.

Os testes começarão no Chile, Peru e Costa Rica; e podem ser expandidos para outras regiões.

Mais lidas
Últimas notícias