Pesquisa indica qual plataforma de streaming é a mais valiosa

O estudo foi feito pela Fandom, e intitulada como State of Streaming, apontou que a Disney + é o serviço mais valioso

atualizado 19/04/2022 17:57

Plataformas e streaming de vídeo Reprodução/Twitter

A guerra dos streamings tem um novo vencedor: a Disney+. O posto foi ocupado pela gigante das plataformas por conta de seu foco no gênero e pela programação, o que a tornou 30% mais valiosa do que as concorrentes. O apontamento foi feito pelo relatório State of Streaming, proposto pela empresa Fandom, que pertence aos fundadores da Wikipedia, Jimmy Wales e Angela Beesley Starling.

A pesquisa foi realizada no final de janeiro deste ano e avaliou os hábitos e rotina de 5.500 usuários globais da plataforma Fandom, que controla um grande cachê de dados sobre as preferências do consumidor em filmes, TV, videogames e outros cantos da cultura pop.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

O procedimento consistiu em três regras: “apoiar-se nos pontos fortes do gênero”, “repensar a experiência no cinema para se diferenciar das crescentes tendências de exibição em casa” e “superatender os consumidores além da tela”.

Para 62% dos entrevistados, o principal diferencial para os assinantes é o gênero e, neste quesito, a Disney+ se sobressai entre as concorrentes. Estima-se, dessa maneira, que a plataforma de streaming do Mickey tenha um valor 30% maior do que um serviço médio.

Os conteúdos exclusivos também foram citados e mostram que as opções fidelizam os assinantes da plataforma. 73% alegaram que os gastos valeriam a pena para qualquer serviço que ofereça acesso exclusivo ou mercadorias dos bastidores e colecionáveis. , Star Wars, Disney, Harry Potter e Marvel, nesta ordem, colocam a Disney + ainda mais evidência.

Por fim, 61% dos interrogados  afirmaram que as assinaturas são canceladas por conta do preço e esta grande parcela alega que os serviços de streamings são muito caros.

“Um mercado lotado e competitivo levou as principais plataformas de streaming a mudar seu foco da aquisição para a retenção”, pontuou o CEO da Fandom, Perkins Miller. Para Stephanie Fried, diretora de marketing da empresa, alega que os dados “desbloqueiam insights poderosos e uma compreensão profunda e granular das preferências e motivações dos fãs”.

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos 

Mais lidas
Últimas notícias