*
 

No MasterChef Brasil dessa terça-feira (3/7), os participantes Evandro e Victor Hugo complicaram-se na prova do lagostim e foram eliminados do programa gastronômico.

A prova começou no Museu de Arte Contemporânea, sob análise de três críticos especializados em gastronomia. Os participantes tinham que fazer uma releitura de carpaccio, brandade de bacalhau e choux à la creme (massa de bomba redonda recheada de creme). Maria Antônia e Katleen escolheram os times. As preferências de amizade ficaram claras quando Antônia optou por ter menos componentes (Thiago e Eliane). Katleen ficou com o restante.

A entrada de Katleen impressionou e os pratos principais dos dois times agradaram. As sobremesas dividiram opiniões entre os jurados. No fim, o time de Maria Antônia, por pouco, levou a melhor, salvando os membros da equipe.

A prova eliminatória era trabalhar com lagostins e Paola ensinou como limpar o saboroso crustáceo. Os cozinheiros ganharam 15 minutos para lavar dez lagostins. O participante com o melhor desempenho se salvaria. Hugo conquistou a imunidade. O restante precisou executar excelentes pratos.

Katleen apresentou o melhor lagostim, baseando-se no camarão à provençal. Em uma decisão inesperada, Erick Jacquin anunciou a saída de Victor Hugo por um tempurá sem graça e a do padre Evandro por ter feito um defumado que não valorizou o crustáceo.