Gil do Vigor diz que filme de Will Smith o influenciou a ser economista

O ex-BBB21 estreia nesta quinta-feira (8/7) o quadro Tá Lascado no programa Mais Você, comandado por Ana Maria Braga

atualizado 07/07/2021 15:13

gil do vigorReprodução

Gil do Vigor, que estreará o quadro Tá Lascado na edição desta quinta-feira (8/7) no Mais Você, contou que decidiu ser economista após assistir ao filme À Procura da Felicidade, protagonizado por Will Smith.

“Ele [o personagem] sonhou e batalhou muito para realizar o sonho. Para o filho dele não perceber a realidade, ele criava toda uma história. A minha vida também era assim: eu criava um enredo, uma novela na minha cabeça para que eu conseguisse continuar acreditando e vivendo um sonho, mesmo numa realidade tão difícil. E acabou se tornando real na minha vida, igual no filme”, contou Gilberto Nogueira em entrevista divulgada pela Globo nesta quarta-feira (7/7).

No programa comandado por Ana Maria Braga, Gil do Vigor atuará como consultor financeiro. Ele contou ainda que o sucesso após o BBB21 se deu por conta da identificação dos telespectadores com sua história.

0

“Eu acho que o sucesso se deu porque as pessoas são iguais a mim. Isso me deixa muito honrado e feliz. As pessoas viram que dá para você ser normal, ser sincero, errar, acertar, ser doido da cabeça e ainda assim ter um coração bom. O brasileiro se sente representado pelo que ele é: pobre de marré-de-si, sofrido… É gente como a gente… Eu acho que o sucesso veio disso”, explicou.

Agora que já conquistou uma série de marcas e virou o queridinho das marcas, o ex-BBB21 usará seu conhecimento para falar de finanças de uma forma mais acessível no Mais Você.

“Eu acho que as pessoas querem ouvir e aprender. A maioria pensa que economia e finanças é algo impossível de entender, de ter na prática, mas não é. Como economista, eu vou dar algumas dicas básicas e de um jeitinho simples”, prometeu.

Em setembro, Gil do Vigor vai se mudar para os Estados Unidos para fazer um PhD na Universidade da Califórnia. Ele pretende conciliar os estudos com o trabalho na emissora global e a rotina como influenciador digital.

“Eu vou separar um dia na semana para fazer o quadro. Meu foco vai ser 24 horas no PhD, mas eu vou tirar um dia para produzir e trabalhar no quadro para poder vigorar”, finalizou.

Mais lidas
Últimas notícias