Ex-The Voice Kids revela pesadelo nos bastidores: “Deveria ser proibido”

Bel Sant'Anna contou que perdeu toda sua autoestima e passou um ano sem conseguir tocar piano, cantar e mexer nas redes sociais

atualizado 06/10/2020 16:46

Bell Sant'AnnaReprodução/ Globo

Ex-The Voice Kids, a cantora Bel Sant’Anna abriu o jogo sobre os bastidores da atração, qual ela participou em 2019. Ela desabafou em suas redes sociais e afirmou que não estava “cuspindo no prato”, mas queria expor o quanto a competição afetou seu psicológico.

“Na minha opinião, o The Voice Kids deveria ser proibido. Não só porque as crianças estão sendo usadas pra entretenimento alheio, mas eu já senti na pele como é estar lá e não me fez bem. Ninguém abusou de mim ou coisa do tipo, me trataram muito bem em vários aspectos, o que eu estou falando é sobre a mecânica do programa”, começou o desabafo.

A artista contou que a competição causou a perda de sua autoestima: “Fui desqualificada nas batalhas e perdi toda a minha autoestima, tudo o que fazia eu querer cantar, toda a mágica que a música tinha pra mim foi embora porque eu pensava que não era boa o suficiente pra continuar. Alguém lá dentro me designou ruim demais para seguir no show”.

Bel disse que passou um ano sem tocar piano, cantar e longe de todas suas redes sociais. Ela ainda contou que as psicólogas presentes nos bastidores da atração não ajudavam em nada.

“Não falaram nada tranquilizante, só respostas padrões que vocês provavelmente usaram com as crianças antes da gente. Enfim, colocar crianças para competirem entre si (para mim) soa imoral. Vocês não têm noção do quanto partia o meu coração ver as crianças voltando do estúdio pro hotel, chorando porque não haviam passado”, concluiu.

Últimas notícias