Ex-participante do reality Largados e Pelados é preso acusado de voyeurismo

Brandon Pope foi acusado de espiar uma adolescente de sua família enquanto ela tomava banho. Ele está preso nos Estados Unidos

atualizado 20/10/2020 13:47

Brandon PopeReprodução/ Discovery

Ex-participante do reality show Largados e Pelados, produzido pelo Discovery Channel, Brandon Pope foi preso nessa segunda-feira (19/10) acusado de voyeurismo, a prática de observar uma pessoa no ato de se despir, nua ou realizando atos sexuais sem consentimento.

Pope foi detido no Arkansas, nos Estados Unidos, por espiar uma adolescente de sua família enquanto ela tomava banho.

Segundo o TMZ, uma pessoa da própria família de Pope teria chamado a polícia. Brandon está preso com fiança estabelecida em 50 mil dólares, cerca de R$ 280 mil.

Pope participou da 12ª temporada do reality show, que consiste em deixar pessoas nuas na natureza com algumas ferramentas, geralmente uma faca, fogareiro ou panela. Os “Largados e Pelados” precisam lidar com animais, queimaduras, frio, fome e mais.

Últimas notícias