Álvaro Morte e Rodrigo Santoro revelam detalhes da série Sem Limites

Brasileiro e espanhol são, respectivamente, Fernão Magalhães e Sebástian Elcano em Sem Limites, série épica do Prime Video

atualizado 08/07/2022 15:34

Explicada rapidamente pela maioria dos livros de história brasileiros, a primeira volta ao mundo feita pelo homem será tema central de Sem Limites, nova série do Prime Video que estreia nesta sexta-feira (6/7). Com Rodrigo Santoro como Fernão Magalhães e Álvaro Morte, o professor de La Casa de Papel, como Juán Sebástian Elcano, a produção épica espanhola retrata eventos ocorridos mais de cinco séculos atrás, quando um grupo coordenado por pelo português partiu da Sevilha para encontrar uma nova rota marítima para as Índias. Eram cinco caravelas e 240 homens, dos quais só completaram a missão 18 deles.

Em entrevista ao Metrópoles, Álvaro Morte e Rodrigo Santoro contaram um pouco da preparação para a série, do que conheciam a respeito do roteiro e de trabalhos anteriores.

O eterno Professor afirmou estar entusiasmado com a ideia de ajudar a contar uma história que, embora fascinante, seja pouco conhecida até mesmo em seu país natal, a Espanha, responsável por financiar a circum-navegação.

“Eu não sei como é no Brasil, mas aqui na Espanha eu me lembro de ser criança na escola e daquele dia em que alguém disse que havia essa figura, Juan Sebástian Elcano, que era um cara do País Basco, na Espanha, e que foi o primeiro homem a dar a volta ao mundo. Isso é algo que começou com Magalhães e depois ele [Elcano] terminou a história. ‘Ok, próximo tema, vamos falar sobre o teorema de Pitágoras’, ou algo assim. Foi muito curto, foi muito pouco. Você pode fazer uma pesquisa por conta própria, mas não é algo que você trabalha na escola ou algo assim”, conta Álvaro em um trecho. 

Protagonista, Rodrigo Santoro se preparou para o papel de Fernão Magalhães durante a pandemia e revela ter contado com o apoio de uma historiadora. “Não tem fotografia, não tem vídeo no YouTube, nada para me apoiar além dos livros de história, literatura. E aí eu busquei uma historiadora, muito bem recomendada por um amigo ator espanhol, que me conseguiu o testamento de Fernão Magalhães, um estudo sobre como teria sido a infância e juventude dele”, comenta. “Magalhães, de acordo com a apuração que eu consegui fazer, é um homem que vem de um lugar de ressentimento, de orgulho ferido, que fica obsessivo com a ideia de fazer essa viagem, nada tira ele desse caminho”, analisa Santoro.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos.

Mais lidas
Últimas notícias