Em negociação com a Band, Ivan Moré conta por que deixou a Globo

O jornalista foi o convidado do programa Pânico desta terça-feira (22/10/2019)

Reprodução/TV GloboReprodução/TV Globo

atualizado 22/10/2019 15:45

O jornalista Ivan Moré revelou, nesta terça-feira (22/10/2019), que está negociando com a Bandeirantes. O repórter foi um dos convidados do programa Pânico, na Jovem Pan, e revelou os novos passos de sua carreira.

Moré explicou o motivo pelo qual deixou a Rede Globo. “Em maio eu fui chamado e me avisaram que mudariam o Globo Esporte. Era um processo de transição e tal… Eles me chamaram e me disseram que queriam mudar a imagem do programa. Disseram que eu continuaria, mas não como apresentador, e sim em reportagens especiais. Ai me perguntaram: ‘Beleza?’. E respondi que não. ‘Beleza não! Eu não quero’. Existem situações na vida da gente em que você tem que se propor a crescer. Eu disse que não me interessava, agradeci e caí fora”, declarou o jornalista.

Em seguida, ele também falou sobre a proposta financeira da emissora carioca. “Não diminuíram meu salário, mas quando me fizeram a proposta de voltar para reportagem eu era pessoa jurídica. E todas as empresas estão passando por isso. Mudando para CLT o desconto seria maior. Mesmo salário, mas com desconto melhor”, completou.

Band

O jornalista revelou que está em negociação com a Band. Segundo ele, no momento, as duas partes estão tentando acertar o modelo de um novo programa.

“Estou conversando com a Band pra ver se a gente alinha propósito. Meu objetivo hoje é entender os próximos formatos de comunicação que vão me fazer relevante no futuro. Meu objetivo é me comunicar com os meus filhos de quatro e seis anos, mas se eu continuar produzindo TV no formato de hoje, que eu não acredito mais, não conseguirei ser relevante para eles. Hoje estou deixando de acreditar. Mas por acreditar nas outras mídias, como podcasts por exemplo… É uma nova fase da minha vida”, declarou.

O jornalista também contou ter conversado com a Record. Porém, as negociações não evoluiram como Moré e a emissora esperavam.

O repórter também falou sobre uma suposta crise na Globo. Ele acredita que o modelo da TV Aberta passa por uma crise, influenciada por um novo tipo de comunicação.

“Você vai gastar milhões em uma propaganda do Globo Esporte ou você vai pagar R$ 50 mil para cinco influenciadores? Nicho específico. O modelo de negócio ficou custoso e os anúncios diminuíram. O que acontece? Você tem que enxugar a máquina. O negócio ficou nivelado por baixo… Isso em qualquer empresa. Aí você tem que diminuir os preços para ser competitivo”, encerrou.

Últimas notícias