Em Amazônia em Chamas, Xuxa critica desmatamento: “Terra de ninguém”

Documentário americano estreou esta semana no Brasil. Produção conta com personalidades e ativistas brasileiros, como Luisa Mell

atualizado 29/04/2021 18:05

Xuxa amazonia em chamasReprodução/Instagram

Após ser lançado nos Estados Unidos e no Canadá, o documentário Amazônia em Chamas estreia nesta semana no Brasil pelo canal a cabo Telecine. A produção americana é assinada pelo cineasta Michal Siewierski, indicado ao Emmye conta com a participação de ativistas e personalidades brasileiras.

Para mostrar ao público o custo ambiental do que está no prato e abordar a ligação entre o desmatamento e a indústria da carne, o filme expõe incêndios florestais na Amazônia e a taxa alarmante de desmatamento no Brasil, o maior exportador de carne bovina do mundo.

“A cobertura da mídia sobre a destruição catastrófica da Amazônia não mostra o quadro completo. Com Amazônia em Chamas, eu queria mostrar como as escolhas que fazemos sobre o que comemos e consumimos a milhares de quilômetros de distância impactam diretamente a floresta tropical”, explica Siewierski.

Participações especiais

Cientistas e ativistas concederam entrevistas ao documentário. No roteiro da produção, as fontes exercem importante papel ao tecer uma narrativa complexa, na qual expõem os empresários e políticos. Xuxa, João Gordo, Luisa Mell e o medico Eric Slywitch foram alguns dos brasileiros que participaram da produção.

Xuxa, conhecida pelo forte apoio à proteção da Amazônia, teve destaque na produção. Nessa quarta-feira (28/4), a apresentadora publicou em suas redes sociais trecho de sua participação no documentário. A artista gravou a sua fala diretamente de sua casa, no Rio de Janeiro.

Disponível no streaming

O filme – produzido com o ícone da música e ativista Moby e o empresário e ativista Peter Eastwood – destaca como a ganância corporativa, o consumo global de alimentos e a corrupção política criam condições que estão prejudicando irreparavelmente nosso ecossistema.

“Como um antigo defensor do meio ambiente, eu conheço as consequências éticas do consumo de carne. Fiquei chocado com o que aprendemos durante a produção do Amazônia em Chamas. Este é um filme obrigatório para quem é apaixonado pela natureza e pelo combate à corrupção”, disse Moby.

Distribuído pela Gravitas Ventures, empresa da Red Arrow Studios, o documentário está disponível no canal Telecine e em streaming pela Telecine Play.

Mais lidas
Últimas notícias