Bom Sucesso: Diogo manda matar comparsas para não ser desmascarado

O mau-caráter pedirá a um policial, que é seu comparsa, cometer os crimes

Reprodução/TV GloboReprodução/TV Globo

atualizado 30/08/2019 10:34

Nos próximos capítulos de Bom Sucesso, Diogo (Armando Babaioff) vai mostrar que é capaz de qualquer coisa para salvar a própria pele. Após tomar conhecimento de que Marcos (Romulo Estrela) está a um passo de provar a inocência de Paloma (Grazi Massafera) em um assalto à mansão de Alberto (Antonio Fagundes), o mau-caráter vai mandar um policial, seu comparsa, matar alguns bandidos envolvidos na ação.

Em um assalto ao casarão – em que Paloma é levada como refém ao local para dar a impressão de que teve participação no crime –, um valioso anel pertencente à mãe de Marcos é levado. De posse do vídeo das câmeras de segurança, Diogo chantageia Alberto: ou demite a acompanhante dele, ou entregará a filmagem à Polícia para que ela seja presa. Então, na tentativa de proteger a jovem, o empresário cede e a manda embora sem maiores justificativas.

Angustiado, tempos depois Alberto conta a verdade ao filho, Marcos, que decide investigar a história para provar a inocência de Paloma. Decidido, o rapaz identifica um dos bandidos, enfrenta o sujeito e recupera o anel de sua mãe. Em seguida, diz ao pai o que fez e afirma estar perto de provar que a costureira nada teve a ver com o assalto. O que os dois não poderiam imaginar é que Diogo escuta a conversa, fica preocupadíssimo e resolve tomar providências.

Sem perder tempo, o vilão telefona para o policial que arrumou os bandidos para o assalto e o manda “se virar” para dar um fim aos criminosos. Como a armação também tem potencial para acabar com a vida do homem da lei, este diz que vai “resolver o assunto”. Na manhã seguinte, Diogo vê Marcos e Nana (Fabíula Nascimento) chocados, conversando sobre as mortes dos bandidos que assaltaram a mansão. Cínico, o facínora finge surpresa. Já o filho de Alberto lamenta que isso tenha ocorrido quando estava empenhado em provar a inocência de Paloma. Ponto para o vilão.

Últimas notícias