metropoles.com

Apresentador russo é demitido após falar em afogar crianças ucranianas

Anton Krasovsky, da rede de televisão RT, falou em afogar, queimar e atirar em crianças russos. O canal repudiou as falas

atualizado

Reprodução/ Redes sociais
Anton Kravosky

O apresentador Anton Krasovsky (foto em destaque), da rede de televisão RT, na Rússia, foi demitido após sugerir afogar crianças ucranianas durante o seu programa. O jornal britânico The Telegraph afirma que Anton chegou a fazer uma mímica mostrando como seguraria uma criança pelo pescoço e a afogaria em um rio.

Apresentador de um programa de entrevista, transmitido aos domingos de manhã, Krasovsky conversava com o autor russo Sergei Lukyanenko quando falou sobre as crianças ucranianas.

“Só afogue essas crianças, afogue-as no rio Tysa”, disse ele.

As falas foram ditas após o autor russo citar uma viagem ao país invadido por Vladimir Putin na época da União Soviética e comentar sobre as crianças, que culpavam os russos pela “ocupação” do país, mas falavam o idioma do país vizinho.

“Enfiem elas dentro das cabanas e as queimem vivas. Nós vamos atirar nelas”, afirmou o apresentador em outro momento.

A demissão do apresentador foi anunciada em um comunicado por Margarita Simonyan, chefe da rede de televisão. As falas de Anton Krasovsky geraram comoção internacional, e a chefe do canal considerou as falas como “selvagens e repugnantes”.

“Talvez Anton explique qual tipo de insanidade temporária causou essas falas. É difícil acreditar que ele realmente achava que as crianças deveriam ser afogadas”, diz um trecho do comunicado.






Quais assuntos você deseja receber?