*
 

Desde o remake da novela O Astro (2011), a TV Globo investe em produções para o horário das 23h. Depois de sete anos, entretanto, a emissora carioca decidiu dar fim às novelas exibidas na faixa nobre. A decisão ocorreu após duas tramas serem descartadas pela cúpula global.

De acordo com o jornalista Daniel Castro, do site Notícias da TV, duas obras do autor Euclydes Marinho foram rejeitadas. O folhetim Sem Limite, previsto para 2019, não agradou a emissora, nem a minissérie Irmãos de Sangue, ambos de Marinho.

A autora Maria Adelaide Amaral também não ficou de fora e teve sua minissérie, O Selvagem da Ópera, adiada. Portanto, no ano que vem, a rede de Roberto Marinho se limitará a transmitir superséries como Se Eu Fechar os Olhos e Assédio – disponível no Globoplay.

A faixa das 23h ficou conhecida pelas novelas polêmicas e remakes de grandes clássicos da dramaturgia, como O Rebu (1974) e Gabriela (1975), recriadas em 2014 e 2012, respectivamente. O maior sucesso do horário foi Verdades Secretas (2015), que ganharia uma segunda temporada pelas mãos do talentoso Walcyr Carrasco.