Aglomeração, famosos e memes: veja o que rolou na estreia do MasterChef

Hailton, 28 anos, de São Paulo (SP), foi eleito o melhor cozinheiro do episódio e levou para casa o primeiro troféu do programa

atualizado 15/07/2020 0:52

Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin no estúdioCarlos Reinis/Band

A sétima temporada do MasterChef Brasil estreou nesta terça-feira (18/7), na Band TV. A competição de cozinheiros amadores chegou cheia de novidades e mudanças na dinâmica do jogo para atender às recomendações de segurança sanitária. A principal delas: um campeão e sete eliminados a cada novo episódio. Quem levou a melhor no primeiro programa foi Hailton, 28 anos, de São Paulo (SP).

Além do desejado troféu, Hailton levou para casa o valor de R$ 5 mil e diversos prêmios dos patrocinadores do programa, entre eles um curso de culinária na Faculdade Estácio de Sá — o que gerou muitas críticas dos internautas já que, antes, o curso oferecido era na escola Le Cordon Bleu, em Paris. “Da pra ver a decepção na cara dos participantes”, comentou uma espectadora no Twitter.

Sem o uso de máscaras e com participantes, jurados e apresentadores conversando sem obedecer a distância mínima necessária para evitar a transmissão da Covid-19, o primeiro episódio do MasterChef Brasil 7 também gerou polêmica nas redes sociais. “E essa aglomeração no mercado gente?”, questionou um internauta. “Distribuindo um troféu por episódio? Que lixo, troféu MasterChef 2020 não tem valor nenhum. E não tem desculpa, pois estão fazendo aglomeração de pessoas do mesmo jeito, não tem nada a ver com Covid-19”, completou outro seguidor do programa.

As provas

A temida Caixa Misteriosa deu início à disputa culinária. Dentro dela, em vez de ingredientes exóticos, havia um tablet com mensagens de artistas como Ivete Sangalo, Fernando & Sorocaba, Thiaguinho e Tirulipa. Cada um dos famosos pediu seu prato favorito: caruru, galinhada, feijoada e estrogonofe de bode, respectivamente.

Na primeira fase, a galinhada de Cilene, 59 anos, de Bragança Paulista (SP), foi eleita a melhor. Em contrapartida,  Thiago, que também preparou o prato favorito da dupla, e Ali, que se arriscou no caruru da Ivete Sangalo, não agradaram aos jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, e deixaram a competição.

A segunda prova da noite exigiu que os cozinheiros soubessem criar receitas criativas e saborosas com produtos populares de uma cesta básica, como bife de fígado e sardinha. Desta vez, a isca de fígado acebolada acompanhada de arroz branco e salada de repolho de Hailton conquistou o prêmio.

0

 

Últimas notícias