*
 

Novembro promete muita emoção, risadas e grandes atrizes nos palcos do Distrito Federal. Nomes de peso da televisão, como Maitê Proença, Priscila Fantin, Cristiana Oliveira e Luiza Tomé, protagonizam espetáculos teatrais que prometem emocionar o público. O grupo baiano Olodum traz uma peça infantil inspirada na mitologia africana.

Aproveitando o período chuvoso, nada melhor do que correr para o teatro. Não faltam opções.

Confira:

Divulgação

“Sedentários”

A peça cômica foi criada pelo grupo Maçaranduba para tratar do sedentarismo de forma divertida – incentivando o público a se exercitar. A montagem conta a história de Confúcio, interpretado por Lélio Sartini, e Margarida, vivida por Tetê Vulcão, um casal em férias que prefere passar os dias de descanso curtindo o aconchego do sofá da sala de TV.

Quinta (2/11) e sexta (3), às 20h, no Teatro dos Bancários (514/515 Sul, bloco A). Ingressos entre R$ 25 e R$ 50. À venda no site www.bilheteriadigital.com e na bilheteria do teatro. Classificação indicativa 14 anos

Divulgação

“Feliz Por Nada”
O espetáculo, inspirado na obra homônima de Martha Medeiros, fala sobre amizade. O pano de fundo é o encontro entre Juliana (Cristiana Oliveira) e Laura (Maria Eduarda de Carvalho).

As duas se conhecem aos 40 anos e passam a ser inseparáveis após um episódio no aeroporto de Tóquio (Japão). Nasce uma belíssima relação que será posta à prova por causa de um homem: Joca (Danilo Sacramento).

Sábado (4/11), às 21h, e domingo (5), às 19h, no Teatro dos Bancários (514/515 Sul, bloco A). Ingressos entre R$ 40 e R$ 80. À venda no site www.tudus.com.br. Duração: 75 minutos. Classificação indicativa 12 anos

Divulgação

“Missão Improviso”
Os atores da trupe brasiliense Cia. Setebelos voltam aos palcos para um show de comédia cheio de improvisos. Por meio de sugestões da plateia, tudo é criado na hora, por mais improvável que seja a provocação do público. “Quanto mais impossível, maior o desafio”, brinca o ator Daniel Lima.

Sábado (4/11), às 21h, e domingo (5), às 20h, no Teatro do Brasília Shopping (Setor Comercial Norte). Ingressos entre R$ 15 e R$ 30. À venda na bilheteria do teatro. Classificação indicativa 14 anos

André Trindade/Divulgação

“Tropicália aos Demais – Uma homenagem aos 50 anos da Tropicália”
Para reviver o Movimento Tropicalista, que neste ano comemora 50 anos de existência, artistas se reuniram e criaram o espetáculo “Tropicália aos Demais”. A montagem alia música e teatro.

Com um roteiro musical de 22 canções e direção de Felipe Barão, a peça busca retratar o tropicalismo com fidelidade e acrescenta pitadas contemporâneas. O espetáculo conta com cinco cantores-intérpretes em cena: Clara Telles, Mario Noya, Geraldo Carvalho, Tuka Villa-Lobos e Andressa Cathy.

Domingo (5/11), às 19h, no Teatro Plínio Marcos, da Funarte (Eixo Monumental). Ingressos entre R$ 10 e R$ 20. À venda na bilheteria do teatro duas horas antes do espetáculo

Divulgação

“Áfricas”
O Bando de Teatro Olodum desembarca em Brasília para trazer seu primeiro espetáculo infantojuvenil. Na montagem, destaca-se a grandiosidade do continente africano por meio de sua história, seu povo, seus mitos e sua religiosidade. A cultura negra é representada pela música, cores, danças e lendas da África.

Sexta (10/11), às 19h, sábado (11) e domingo (12), às 16h, no Teatro da Caixa Cultural (Setor Bancário Sul). Ingressos entre R$ 10 e R$ 20. À venda na bilheteria do teatro. Duração: 50 minutos. Classificação indicativa livre

Divulgação

“Além do que os nossos olhos registram”
A peça, que traz as famosas atrizes Priscila Fantin, Luiza Tomé e Letícia Birkheuer, apresenta três gerações de mulheres com visões muito particulares de mundo e o conflito gerado por elas.

O espetáculo aborda diferentes temas, como família, amizades, classes sociais, racismo, homofobia e bullying. Ao mostrar essa complicada relação entre mãe, filha e avó, o espetáculo consegue expor de maneira emocional as agruras e alegrias do universo feminino.

Sábado (11/11), às 19h e às 21h, no Teatro UNIP (913 Sul). Ingressos entre R$ 50 e R$ 100. À venda no site www.bilheteriadigital.com e no restaurante Belini (113 Sul). Duração: 1h. Classificação indicativa 12 anos

Divulgação

 

“A Mulher de Bath”
Nesta peça, Maitê Proença será “A Mulher de Bath”, uma viúva que enterrou cinco maridos. A personagem vem dos “Contos da Cantuária”, publicado por Geoffrey Chaucer, em 1475. É uma das figuras mais importantes da literatura ocidental, influenciando Shakespeare e outros autores do Reino Unido.

A montagem traz uma mulher de vasta experiência e ardorosa oratória. Ela conta a história de sua vida exemplar, universal e única: seus cinco casamentos, rancores, paixões, vinganças, traições e grandeza.

Sábado (18/11), às 21h, e domingo (19), às 19h, no Teatro dos Bancários (514/515 Sul, bloco A). Ingressos entre R$ 50 e R$ 100. À venda na bilheteria do teatro, no restaurante Belini (113 Sul) e no site bilheteriadigital.com. Classificação indicativa 14 anos

 

 

COMENTE

Caixa CulturalTeatro dos BancáriosMaitê Proençaolodumpriscila fantim
comunicar erro à redação