Rose Miriam processa Leão Lobo e pede R$ 50 mil de indenização

O motivo da ação são declarações feitas pelo comentarista sobre um acordo entre Gugu Liberato e Rose

atualizado 25/02/2020 12:09

Ex-companheira de Gugu Liberato, morto aos 60 anos, no dia 22 de novembro de 2019, Rose Miriam processou o comentarista Leão Lobo, pedindo R$ 50 mil por danos morais. O motivo da ação são declarações feitas pelo comentarista sobre um acordo entre o apresentador e Rose. As informações são do portal Uol.

0

As declarações de Leão, feitas em dezembro, foram transcritas pelo advogado de Rose. “Eu [Leão Lobo] conheci bem a família toda e conheço muito bem a Rose Miriam. Quer dizer, eu achava que a conhecia. Isso é que tá me surpreendendo. Porque, primeiro, ela assinou quando foi lido o testamento, ela assinou concordando com tudo. Agora ela volta e vem com essa história que quer uma parte da herança. Primeiro que ela sabia que era assim desde o começo. Então, isso que me incomoda. Por que agora? Ela sabia que ele não deixaria para ela: eu tenho certeza disso”, disse o comentarista.

A viúva não foi incluída no testamento feito por Gugu, ela é mãe dos três filhos do apresentador. Rose entrou na Justiça para requerer parte do espólio de Gugu, estimado em R$ 1 bilhão. Caso ganhe o embate judicial, Rose Miriam passaria, então, a ter metade da herança de Gugu – o inventário corre em segredo de Justiça.

Últimas notícias