Rivalidades e paqueras: confira os bastidores de A Dona do Pedaço

Caio Castro é o mais dorminhoco do elenco, Nathalia Dill evita contato com o ex-namorado, Sergio Guizé, e Bruno Bevan arrasa corações

TV Globo/DivulgaçãoTV Globo/Divulgação

atualizado 08/09/2019 20:42

Sucesso de audiência na Globo, a novela A Dona do Pedaço completa, nesta quinta-feira (12/09/2019), cem episódios. Para celebrar o marco, a equipe de jornalismo do Extra desvendou os bastidores da trama, protagonizada por atores de alto escalão da televisão brasileira.

Segundo apuração, Nathalia Dill e Sergio Guizé evitam contato dentro e fora do set. A situação constrangedora entre os ex-namorados na vida real (eles passaram dois anos juntos) é compreendida por toda a equipe da atração. Os personagens Fabiana e Chiclete, logo, só se esbarram em cena quando estritamente necessário.

Juliana Paes e Paolla Oliveira ainda não superaram a treta envolvendo a estatueta de Melhor Atriz do prêmio Melhores do ano, do Domingão do Faustão, em 2017. Paolla levou a melhor e deixou a colega com uma pontinha de ciúmes. Uma revista estampada pela interprete de Vivi Guedes com o título A Dona do Pedaço botou ainda mais lenha nessa rivalidade. Nos bastidores da novela, as duas pouco se falam. Têm, inclusive, camarins separados.

Há dois cômodos reservados para o elenco feminino. Juliana Paes divide um com Agatha Moreira e demais atrizes, enquanto Paolla partilha o outro com Monica Iozzi e Nathalia Dill. A artista que dá vida à Maria da Paz tem fotos e desenhos dos filhos espalhados pelo camarim e, entre uma cena e outra, fala com os pequenos por telefone. Vale ressaltar que a atriz faz sua própria maquiagem.

Glamour Garcia, a Britney do folhetim, não consegue sair para gravar antes de deixar o flat em que mora organizado. A atriz já deixou o motorista da emissora esperando ela acabar a faxina da casa. A loira, aliás, é a mais animada nos bastidores e está sempre contando piadas.

Ary Fontoura e Suely Franco também são considerados palhaços pela turma. Os atores foram eleitos como os mais bem-humorados da equipe. Os dois costumam chegar bem antes da gravação e dão boas gargalhadas pelos corredores. Já teve até ator que reclamou do bom humor matinal dos interpretes de Antero e Marlene.

Betty Faria pediu e foi contemplada com mais espaço na história. Sua personagem, Córnelia, ficará milionária e comprará a mansão da Maria da Paz. Já o título de dorminhoco da equipe vai para Caio Castro. O galã vive tirando cochilos nos bastidores, interagindo pouco com os colegas. Ele se relaciona mais intimamente com Bruno Bevan, que faz o seu irmão na trama. Bruno, por sua vez, arrasa corações. Uma pessoa do elenco está apaixonada pelo interprete de Zé Hélio.

O maestro da turma, o autor Walcyr Carrasco, visita os estúdios com frequência. Ele assiste às gravações e tem o hábito de conversar com o produtor de elenco da novela. Ele está atento em tudo e a todos.

A diretora Amora Mautner, que por muitos anos teve fama de general, virou Amorinha Paz e Amor. Ela gosta de conversar muito com os atores e virou uma espécie de confidente. Perfeccionista, fica horas para gravar uma cena. Gosta de tudo bem explicado antes do “gravando” e não descansa enquanto não atinge o resultado que almeja.