Polícia indicia português que ameaçou Diogo Nogueira e Paolla Oliveira

Luís Mario Piçarra tentou invadir a casa da atriz em fevereiro. Casal registrou queixa na 16ªDP e a polícia do Rio identificou o suspeito

atualizado 17/03/2022 13:24

Paolla e DiegoReprodução/ Instagram

Rio de Janeiro – Após uma tentativa de invasão na residência de Paolla Oliveira, em fevereiro deste ano, o português Luís Mário Monteiro Piçarra foi indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro pelo crime de perseguição.

O caso é investigado pela 16ª DP (Barra da Tijuca). No dia 5 de fevereiro, uma funcionária que trabalha na casa da atriz teria informado que uma pessoa no interfone teria ido à casa buscar um aparelho celular.

Quando Paolla perguntou as características da pessoa, identificou que era o mesmo homem que a havia ameaçado nas redes sociais, e não permitiu que entrasse.

O cantor Diogo Nogueira, namorado de Paolla, estava junto com a atriz no dia. Segundo relatou à polícia, no momento em que Paolla barrou a entrada do português, Diogo foi à casa de um vizinho pedir para que abaixasse a música, já que a namorada estava no processo de um trabalho publicitário.

0

Foi quando encontrou com Luís Mário, que, segundo o cantor, começou a ofendê-lo. O sambista alega que o português se direcionou a ele com xingamentos como: “Filho da puta que está estragando a minha vida!” e “imbecil”. Ameaçado, Digo teria desferido um soco contra o homem.

Seguranças do condomínio intervieram e acionaram o 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes), que levou Luís Mário à 16ª DP.

Na delegacia, Paolla Oliveira afirmou que deseja representar contra Luís Mário por se sentir ameaçada. Ao delegado titular, Leandro Gontijo, a atriz solicitou medidas protetivas de afastamento e proibição de qualquer contato com o português, que foram concedidas pelo Poder Judiciário.

Mais lidas
Últimas notícias